Notícia

Notebook e dores pelo corpo

12 junho 2012

12 junho 2012

Entenda por que o seu laptop pode estar diretamente relacionado a isso e veja dicas práticas para a prevenção no dia a dia. 

Notebooks foram desenvolvidos para serem portáteis e para uso rápido, em emergências e viagens. Porém, muita gente anda trocando o desktop (computador de mesa) pelo pequeno aparelho. O resultado disso tem sido o aumento de problemas em ombros, cotovelos, punhos e coluna, além de dores de cabeça.

Os notebooks, quando são usados sobre uma mesa, acabam fazendo com que a tela fique muita baixa para a linha dos olhos, obrigando o usuário a trabalhar de cabeça baixa. Isso força o pescoço e tensiona ombros e coluna. Os punhos também ficam mais tensos, porque é mais difícil apoiá-los no notebook.

E essa posição errada pode alterar a circulação sanguínea e afetar a nutrição dos tecidos, ocasionando inflamações e lesões. Mas há meios de afastar esses riscos:

Use um suporte para notebooks, que o eleva até uma posição melhor para a leitura, à altura dos olhos.

Acople um teclado externo via USB para melhorar a posição das mãos e dar mais conforto ao digitar. Instale, também via USB, um mouse.

Não use o notebook no colo, na cama ou em mesas altas, como as de jantar. Isso porque a altura das teclas deve permitir que os ombros fiquem relaxados.

Fique atento: quanto menor o computador portátil, pior. Teclas muito pequenas obrigam a adotar uma má postura, comprimindo músculos e gerando tensão.


Imprimir Enviar a um amigo