Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

LCD ou Plasma: qual deve ser a sua TV?
Apenas reprodutores avançados de vídeo aproveitam toda a resolução oferecida pelos novos aparelhos.
22 dezembro 2008 |

Com a queda de preços e a TV Digital, tem sido cada vez mais vantajoso considerar a compra de uma nova televisão. Há hoje duas tecnologias disponíveis - LCD e plasma. Veja abaixo as principais vantagens e características de cada uma delas:

LCD Plasma

Veja se você vai aproveitar todos os benefícios

Para evitar que suas expectativas sejam frustradas na compra da nova TV, é interessante pensar no uso que você fará do aparelho. Pouco adianta, por exemplo, ter um produto Full HD (que apresenta a melhor definição de tela) se você sintoniza apenas canais analógicos, que não apresentam tanta definição.

Assim, considere os seguintes aspectos:

Qualidade do sinal – sua antena ou TV a cabo recebe sinais de alta resolução? Em caso negativo não, você pode ter imagens granuladas ou muito similares a de um televisor convencional.

Custos adicionais – se sua TV não estiver preparada para receber o sinal de alta definição, você terá que comprar um conversor (caso sua TV não traga um embutido), que custa a partir de R$ 450,00.

Filmes – apenas aparelhos reprodutores de Blu-Ray aproveitam, hoje, a capacidade máxima das TVs de LCD e Plasma. Um DVD convencional, portanto, terá o mesmo aspecto que em uma TV convencional.

Outro detalhe interessante é TVs até 36 polegadas não precisam necessariamente ser Full HD, que tem a maior definição possível de imagem (1080 linhas na tela). A maioria das TVs LCD HD Ready (com resolução de 720 linhas, que será o padrão da TV Digital brasileira) atendem bem e são aproximadamente 40% mais baratas.

Leia também

Internet 2
preco-galaxy-s7
img-plano-saude1
gps-dois

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.