Especial

Cinco passos da higiene bucal

10 outubro 2013

Veja como cuidar de sua boca diariamente, reduzindo as chances de ter diversas doenças, como gengivite, afta e até mesmo tumores.

 

A escolha da escova, creme dental e enxaguatório

Escova
  • A escova deve ter cabeça pequena para poder alcançar mais facilmente todas áreas da boca, como os dentes posteriores.
  • Quanto ao cabo (flexível ou não) e ao estilo de cerdas (com pontas planas, arredondadas ou em diferentes níveis), escolha o que for mais confortável para você. O importante mesmo é usar uma escova que se ajuste bem à sua boca e que alcance todos os dentes.
  • Troque sua escova de dentes a cada três meses ou depois de uma forte gripe, para diminuir o risco de nova infecção por germes que aderiram às cerdas.

 O creme dental

  • Existem diversos cremes dentais que afirmam ter uma ação benéfica sobre os problemas das gengivas. Alguns possuem substâncias antissépticas que combatem o desenvolvimento de bactérias.

 ·         Entre as substâncias de eficácia reconhecida, estão o bactericida triclosan e o antitártaro citrato de zinco. Outra substância útil contra a placa bacteriana é a clorexidina, porém não é recomendada para uso prolongado, pois provoca o escurecimento dos dentes e altera o equilíbrio da flora bucal. Desse modo, é recomendado consultar um dentista para saber qual a mais indicada para o seu caso.

 Enxaguatórios bucais

  • Eles não substituem a escovação, mesmo que alguns contenham substâncias que combatem a placa bacteriana (clorexidina, hexetidina ou triclosan). A maioria destes produtos causa efeitos secundários, como o escurecimento dos dentes, e irritação da mucosa. Portanto, este é mais um exemplo para você conversar com o seu dentista.

Imprimir Enviar a um amigo