Notícia

Cornetas da Copa oferecem riscos à audição

02 junho 2014

02 junho 2014

A PROTESTE em parceria com a Sociedade Brasileira de Otologia realizou o teste de uso de cornetas, apitos e buzinas e constatou que o uso destes produtos pode provocar danos à saúde auditiva, ocasionando, em determinadas condições, a perda temporária ou permanente da audição.

Durante o mundial os torcedores que não conseguiram um ingresso para ir ao estádio vão assistir aos jogos em casa, no bar ou na área de lazer de seus condomínios. E como de costume haverá muito barulho de gritos, cornetas, apitos e buzinas para comemorar os melhores lances. E por isso a PROTESTE levanta a questão: será que tanto barulho para torcer pelo Brasil pode causar malefícios para a saúde?

O fato é que estes apetrechos barulhentos podem causar sim problemas auditivos. Por isso, a PROTESTE em parceria com a Sociedade Brasileira de Otologia (SBO) realizou um teste de uso destes produtos para alertar aos torcedores sobre os possíveis riscos da exposição prolongada ou excessiva aos ruídos sonoros destes produtos.

Para avaliarmos os possíveis problemas causados, medimos o volume em decibéis de mais de 30 produtos com o decibelímetro. O teste de uso foi realizado em um ambiente fechado com ruídos de 55 decibéis (dB). 

Após os testes, constatamos que durante uma partida de futebol com os torcedores reunidos, o volume de decibéis de quase todos estes artigos podem ficar acima de 110 dB, um volume de som não somente perigoso, como doloroso para os ouvidos.

Confira o volume de decibéis de alguns produtos somado ao barulho do ambiente:

Nome do Produto

Pico de decibéis

Mega Buzina

129

Corneta

126

Vuvuzela Grande

126

Corneta Dupla Copa

125

Corneta Big Picolo

124

Buzina Air Horn

123

Corneta Folião Copa

118

Super Sanfona Copa

118

Corneta Bem Brasil

114

Batemão Copa

88


Após os testes de uso ficou claro que a maioria dos produtos testados ficam acima de 110 dB quando utilizados em um ambiente barulhento. E o nível de volume poderia sercomparado até mesmo ao volume de som de um show de rock, de uma buzina de carro ou de um cortador de grama. Veja aqui cada um deles.

Somente um dos instrumentos, chamado Batemão, espécie de “palmas” de plástico, emitiu som que somado ao do ambiente alcançou nível inferior aos 100 decibéis.

A PROTESTE alerta qualquer som acima de 85 dB pode provocar danos à saúde auditiva, ocasionando em determinadas condições até a perda temporária ou permanente da audição. Além de causar cefaleia, dores, irritabilidade, zumbidos e sensação de ouvido entupido.

Lembre-se, a exposição excessiva ao barulho pode causar lesões graves aos ouvidos e o uso destes instrumentos sonoros nos estádios de futebol foi proibido pela instituição internacional organizadora do evento. Porém, caso não tenha como escapar do excesso de barulho use um par de protetores auriculares para garantir a integridade dos seus ouvidos.

cornetas-copa-mundo
O nível de volume pode ser comparado ao volume de som de um show de rock, de uma buzina de carro ou de um cortador de grama.

Imprimir Enviar a um amigo