Notícia

Espumas finas demais

30 outubro 2012

30 outubro 2012

Alguns colchões possuem colagens não permitidas e espumas com espessuras erradas.

Alguns dos colchões testados apresentaram problemas na colagem da espuma. Um verdadeiro colchão de espuma não pode ser feito de vários pedaços ou retalhos colados juntos, e foi justamente o que encontramos. O Diamante, da Orthocrin, por exemplo, apresentou seis lâminas de espuma com menos de três centímetros de espessura e que terminam com um retalho colado na posição vertical. Essa montagem não é permitida porque pode acarretar desconforto e diminuição da qualidade e vida útil do colchão.

 

O Elegance, da Manes, e o Botafogo, também apresentaram colagem vertical na largura e o Majestic (foto), da Probel, tem espumas finas demais. Já o colchão da Ortobom apresenta casca de espumas. Infelizmente, esse é um tipo de problema de que você não tem como tomar conhecimento, já que é preciso rasgar o produto para fazer essa conferência. Então, só resta confiar no fabricante.

 

Espumas disfarçadas

Com a intenção de gerar um falso aumento da espuma e da densidade do colchão, alguns fabricantes adicionam substâncias à espuma. Por isso, realizamos uma análise para conferir a pureza da matéria-prima. Os colchões da Botafogo e Orthocrin novamente se saíram mal, ficando com os piores resultados nesse parâmetro. Os mais bem avaliados foram Probel e Castor.


Imprimir Enviar a um amigo