Notícia

Fuja do tênis falsificado

24 julho 2012

24 julho 2012

Ele esquenta demais e causa bolhas e lesões.

Sabe aquele ditado: o barato sai caro? Pois é, ele se aplica certinho quando o assunto é a compra de tênis falsificados. Eles estão em qualquer camelô do país e se mostram muito atraentes no quesito preço, mas é só nisso, porque eles podem custar caro para sua saúde.
Em nosso teste, apenas a título de comparação, avaliamos também um modelo falsificado. Os resultados confirmaram nossa desconfiança: uma simples caminhada de 30 minutos em esteira com esse modelo resultou em bolhas e lesões. No teste de peso, vimos que ele é muito mais pesado do que os tênis de marca, atingindo 423 g. Enquanto que para corrida, o ideal é que se use um tênis mais leve.
Ele também não foi nada bem no teste de distribuição da pressão plantar na região do metatarso (parte da frente do pé). Além disso, é muito quente. Sua variação de temperatura durante o uso foi de 5,6 °C, o que o classifica como desconfortável. Constatamos, ainda, que o material usado é de péssima qualidade e por isso, no teste de flexão, houve ruptura não só das solas como também do cabedal (corpo do tênis).
Evite sempre os tênis falsificados, além de serem desaconselháveis para prática de qualquer atividade física, compra-los é uma forma de incentivar o comércio ilegal, que não paga imposto nem oferece condições adequadas aos trabalhadores.

Imprimir Enviar a um amigo