Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

OMS alerta sobre resistência do vírus HIV a medicamentos
Relatório divulgado revela que em seis dos 11 países pesquisados, mais de 10% das pessoas em tratamento apresentaram essa condição. Situação preocupa, pois são os remédios anti-HIV que dão ao paciente a chance de levar uma vida normal.
01 dezembro 2017 |
remédio
A Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgou um alerta sobre a crescente tendência de resistência do HIV a alguns dos medicamentos mais utilizados atualmente no combate contra o vírus. 
 
O relatório divulgado pela OMS mostra que em seis dos 11 países pesquisados na África, Ásia e América Latina, mais de 10% das pessoas que iniciaram o tratamento apresentaram uma variação do vírus HIV resistente à medicação.
 
O fato chama a atenção, pois são os medicamentos anti-HIV que dão ao paciente com o vírus a oportunidade de levar uma vida normal e de sobreviver. Provocada pelo vírus HIV, a AIDS, por enquanto, não tem cura nem vacina

vírus 

Sexo sem preservativo pode levar à contaminação

O HIV é transmitido por meio da troca de fluidos corporais. Isso costuma acontecer durante o contato sexual sem proteção, durante o sexo vaginal, oral ou anal. Pessoas que injetam drogas e compartilham agulhas também estão em risco de contrair HIV. O vírus pode ainda ser transmitido da mãe para o feto, inclusive durante amamentação, e em transfusões de sangue.

Em muitos casos, a infecção por HIV fica assintomática por muitos anos. Durante esse período, porém, o vírus ainda está se reproduzindo e danificando o sistema imunológico. Não tratada, a infecção por HIV danifica o sistema imunológico a ponto de levar o organismo a desenvolver uma grave condição com risco de vida. Isso configura o estágio final da infecção, conhecido como AIDS
 
Qualquer pessoa pode fazer o teste de HIV em um Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) ou nas diversas unidades das redes públicas de saúde. Ele pode ser feito de forma anônima e é gratuito. Ligue para o Disque Saúde (136) ou consulte a lista de unidades das redes públicas de saúde próximas a você e escolha o melhor local para fazer o teste. 
 
Tenha sempre em mente que o vírus HIV não escolhe classe social, gênero, cor, nem tipo de relacionamento (homossexual, heterossexual, estável ou não, etc).  Por isso, é importante utilizar o preservativo em todas as relações sexuais, sendo esse o único meio de se prevenir contra o vírus. O preservativo está disponível na rede pública de saúde. Caso não saiba onde retirar a camisinha, ligue para o Disque Saúde. 
 
camisinha

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE! Se você é associado e precisa de ajuda, ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor pelo 0800 282 2204 (de telefone fixo) ou (21) 3906-3900 (de celular).

Leia também

apple
produto-mostruario
remédios

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.