Notícia

Poltrona Nap Nanny oferece risco para bebês

17 julho 2014

17 julho 2014

A PROTESTE alerta a quem adquiriu o produto Nap Nanny Recliner a suspender o uso, pois pode levar a morte por sufocação ou deixar a criança presa no vão entre o berço e o produto. 

Os pais que costumam comprar o enxoval para o bebê no exterior precisam ficar alertas quanto ao risco à segurança que alguns produtos possam apresentar, como é o caso de um reclinador para por no berço, envolvido num recall após a comprovação de mortes de crianças por sufocação. O fato é que a Comissão de Segurança de Produtos de Consumo dos Estados Unidos já confirmou a morte do sexto bebê enquanto utilizava o Nap Nanny Recliner.  
 
A PROTESTE alerta que como o produto não é vendido no Brasil, quem adquiriu diretamente precisa interromper o uso e fazer contato com o fabricante para pedir o reembolso do valor pago.  Nanny Nap imita as curvas de um assento de carro para bebê, e prometia elevar a criança um pouco para reduzir o refluxo, gases e congestão.
 
A empresa responsável pelo Nap Nanny já havia retirado o produto do mercado em 2010 pela morte de uma menina de 4 meses. A última morte, ocorrida em Hopatcong, NJ, New Jersey, envolveu uma menina de 8 meses de idade
 
O Nap Nanny está no centro de um recall em massa e ação judicial, desde 2010, após cinco mortes infantis serem atribuídos ao produto. 
 
A Comissão de Segurança também informou que as seis mortes infantis ligadas à cadeira ocorreram em uma das duas formas
  • O bebê caiu e ficou preso entre o produto Nap Nanny Recliner e a grade do berço.
  • O bebê sufocou no interior da Nap Nanny Recliner


Imprimir Enviar a um amigo