Notícia

Rio+20, o aprendizado que construímos

22 junho 2012

22 junho 2012

Evento da ONU alerta que precisamos agir para continuarmos vivendo em harmonia com a natureza.

Durante dez dias, milhares de pessoas, de todas as partes do mundo, se reuniram para discutir o futuro do planeta na Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. E a PROTESTE Associação de Consumidores não poderia ficar de fora desse evento.

Nossa participação incluiu desde a palestra do Coordenador da Área Técnica de Produtos, Sérgio Mardirossian, na plenária sobre Resíduos Sólidos e Responsabilidade Pós-consumo, até a distribuição da Cartilha de Sustentabilidade. Além da cobertura de importantes eventos oficiais, que foi possível acompanhar na pagina da Proteste no Facebook e no Twitter.

Definimos o mundo que queremos?

Por outro lado, reconheceu-se que a pobreza precisa ser erradicada para que se possa exigir das nações e seus povos atitudes sustentáveis, como o consumo consciente. É difícil cobrar daqueles que passam necessidades que tenham comportamentos que preservem o planeta, quando eles estão pensando em como sobreviver.

Ainda que o texto final não tenha sido aquilo que o Brasil esperava, a Rio+20 funcionou muito bem como espaço de discussões e de exposição de práticas sustentáveis. Países e povos trocaram experiências excepcionais durante o evento. Por fim, a Conferência, sem dúvida, despertou a urgência por ações, sejam individuais ou coletivas, que permitam aos homens conviver em harmonia com a natureza.

Muita mobilização e muita conversa marcaram a Rio+20, entretanto o documento final, chamado Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), mostrou que muitos países participantes não estão dispostos a alterar seus métodos de crescimento com alternativas mais sustentáveis. E com isso, o texto final é muito mais reflexivo do que prático.


Imprimir Enviar a um amigo