Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Suposta presença de amianto em talcos gera multa milionária para a J&J
Apesar da decisão contra a Johnson & Johnson, não entre em pânico! As evidências científicas de que o produto causa câncer de ovário são muito fracas.  
23 julho 2018 |
shutterstock_431597836

No último dia 12 de Julho, o laboratório Johnson & Johnson foi condenado a pagar uma multa de US$ 4,69 bilhões pela suposta presença de amianto, potencialmente cancerígeno, na fabricação de seus talcos. 

Em nota publicada no dia 13, a Johnson & Johnson informou que os talcos vendidos no Brasil são produzidos localmente e não contêm amianto nem causam câncer de ovário.

Alguns talcos fabricados antes de 1970 eram compostos por amianto, substância que pode dar características cancerígenas às células normais do indivíduo.

No entanto, na década de 1970, o amianto deixou de ser usado em produtos cosméticos

 shutterstock1048365199

 Afinal, o produto causa câncer? 

Existem muitas preocupações de que o talco possa causar câncer nos ovários, se as partículas de pó (aplicadas na área genital ou em absorventes higiênicos, diafragmas e preservativos) percorrerem a vagina, o útero e as trompas de falópio até chegarem aos ovários.

Há estudos publicados que relatam a associação entre o talco e um risco maior de câncer de ovário. Só que na maioria dos casos, as evidências são fracas. Além disso, outros estudos provariam o contrário. 

A Sociedade Americana do Câncer divulgou essas pesquisas e recomendou que mais estudos fossem feitos, porém avisou que qualquer possível risco seria provavelmente pequeno. Apesar da decisão judicial contra a fabricante, se você usa o talco, não deve entrar em pânico. 

Amido de milho pode ser alternativa 

A grande questão para o veredito não tem relação com a informação científica sobre os riscos de câncer, mas, sim, o que a companhia fez ou deixou de fazer sobre o assunto.

De qualquer forma, a mulher que não quiser expor a si própria ou seus filhos ao talco pode substituí-lo por outros produtos. Muitas pessoas utilizam talcos como forma de impedir o atrito na pele e a formação de assaduras. 

 shutterstock1050622790

 

Nestes casos, o uso de amido de milho pode ser uma boa alternativa. Quem utiliza talco como uma forma de prevenir odores na região genital deve saber que esta região possui um equilíbrio próprio e que uma higiene normal já é suficiente para manter a saúde local. 

Higiene íntima três vezes ao dia

O canal vaginal é capaz de se limpar naturalmente, sem a necessidade de produtos ou outras misturas, que podem interferir no equilíbrio natural da vagina. 

A recomendação é que a higiene deve ser feita três vezes ao dia, de preferência com água e sabonete neutro ou íntimo e usando somente os dedos. Mas atenção: higiene íntima não quer dizer higiene interna. A limpeza deve concentrar-se na região da vulva, sem ser direcionada para a vagina.

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE! Se você é associado e precisa de ajuda, ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor pelo 0800 282 2204 (de telefone fixo) ou (21) 4003-3907 (de celular).

Leia também

comprimidos
escovas p
vacinacao-e-essencial
protetor-solar-home

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.