Notícia

Tênis para corrida: há opções boas e em conta

25 novembro 2014

25 novembro 2014

Nosso teste mostra que existem ótimos modelos para esse esporte. Mas, para evitar lesões, é importante saber se são adequados, além do seu tipo de pisada.

Nosso teste de 11 tênis masculinos para corrida traz boas notícias para atletas profissionais e amadores: a maioria é confortável, leve e possui bom amortecimento, além de alguns terem um preço em conta. 

Os calçados avaliados são leves, variando de 194 (Skechers) a 381 gramas (Olympikus).

 

Modelos avaliados têm bom amortecimento e absorção de impactos 

Os resultados seguem satisfatórios na análise do impacto distribuído na planta do pé, o que reduz riscos de lesões no tendão, entorses no tornozelo ou problemas nas costas – muito mais prováveis com tênis inadequados. 

Os modelos se saíram bem nas avaliações de amortecimento – essencial para um exercício de alto impacto como a corrida -, pronação, que é a rotação interna do calcanhar induzida pelo calçado, e encalce, significando que dão sensação de bem-estar e conforto e diminuem o perigo de marcas ou bolhas nos pés.

 

Tênis Adidas e New Balance reprovados em teste de resistência 

Passados esses critérios da análise de conforto, fizemos os ensaios físicos, nos quais surgiram problemas. Os tênis Adidas e New Balance, marcas esportivas renomadas, foram reprovados no teste de resistência à flexão, apresentando rasgos no cabedal e rupturas do solado. Ou seja, têm durabilidade e vida útil reduzidas. 

As notas foram melhores no quesito de absorção de energia, que avalia a capacidade do sistema de amortecimento na região do calcanhar, no qual Olympikus se destacou.

 

Calçados seguem vindo com poucas informações ao consumidor

É vital saber se o calçado se destina à corrida, o que pode ser um problema, já que, assim como em nosso último teste, em 2012, muitos modelos ainda vêm sem informações sobre para qual atividade foram feitos ou para que tipo de pisada foram projetados.

 

Para evitar possíveis lesões, conheça seu tipo de pisada 

Ainda para evitar possíveis lesões causadas por um tênis inadequado, procure saber se sua pisada é neutra, supinada ou pronada.

 

Confira os melhores tênis do teste aqui

E veja nossas dicas para compra e conservação de seu tênis:

  • Tempo e frequência de uso têm influência sobre a eficácia do tênis. Além disso, um par velho e estragado pode causar, além de desconforto, lesões. 
  • Fatores como tipo de piso, qualidade do material e pisada têm impacto sobre a durabilidade do calçado. Mas, normalmente, um par suporta entre 500 km e 800 km de caminhada ou corrida.
  • Corredores pesados podem ter que trocar o calçado com mais frequência, devido ao maior desgaste causado. 
  • Evite usar o mesmo tênis para corrida e para a prática de outros esportes. 
  • Após correr em solo úmido, seque o tênis totalmente, inclusive as solas. Mas nunca o coloque na secadora de roupas. 
  • Caso corra mais de uma vez por dia, ou os molhe com frequência, use dois pares de tênis alternadamente para os treinos.

 

 


Imprimir Enviar a um amigo