Notícia

Estrias: cremes ajudam na prevenção

27 maio 2016

27 maio 2016

Como é difícil eliminá-las, a saída é (tentar) evitar o surgimento, aumentando a firmeza e a elasticidade da pele. Confira nosso teste e saiba quais cremes cumprem muito bem essa tarefa.

Elas não causam dor, mas podem constranger sobretudo as mulheres, que ficam inibidas de exibir o corpo na praia ou na piscina. As estrias são lesões em formato de riscos na pele que podem se transformar em cicatrizes. Como é difícil tratá-las e fazê-las desaparecer, a melhor alternativa é (tentar) evitar o surgimento. 


O mercado oferece bons cremes preventivos, especialmente para grávidas, conforme constatamos neste teste. Os cremes avaliados prometem hidratar e aumentar a elasticidade e a firmeza, condições importantes para evitar o aparecimento das estrias. 


Vale ressaltar, contudo, que a eficácia depende do tipo de pele e da predisposição genética. Ou seja, pode ser que, mesmo aplicando o produto regularmente, você venha a ter estrias. É importante ressaltar que não existem cremes com eficácia comprovada que façam as marcas já existentes desaparecer, sejam recentes (vermelhas) ou brancas (que se transformaram em cicatrizes). O que encontramos são outros tratamentos estéticos, que nem sempre apresentam bons resultados. 



Como fizemos o teste 


Em nosso teste, avaliamos nove produtos antiestrias. Um deles, no entanto, não pode ser aplicado nos seios de grávidas e outro não é indicado para gestantes, conforme orientações das fabricantes nos rótulos – embora não expliquem os motivos. Os homens, adultos ou adolescentes, também podem utilizar os produtos. 


No laboratório, nosso objetivo foi conferir se realmente aumentam a firmeza e elasticidade da pele. Para isso, utilizamos equipamentos específicos que avaliam a resistência à sucção da pele e sua capacidade de retornar ao estado normal. Essa análise foi feita na pele de voluntárias com tendência a desenvolver estrias no abdômen e nos seios. A medição com o aparelho foi feita antes da primeira aplicação e após 30 dias de uso. 



Cremes se mostram eficazes 


Todos foram muito bem avaliados por proporcionarem mais firmeza à pele, com destaque para o creme Mustela. A maioria também se mostrou muito eficaz para aumentar a elasticidade, sendo que o melhor resultado foi verificado no Cicatricure, enquanto o Boti Mammy e o Luciara foram os menos efetivos. 


Quer saber quais cremes foram nossa indicação de escolha certa e o melhor do teste? Associados PROTESTE têm o resultado completo na Revista PROTESTE Saúde (Edição 52) e também é possível entrar em contato pelo telefone 21 3906 3980 para tirar dúvidas sobre o conteúdo. 


Todos os produtos apresentam rótulos adequados à legislação brasileira para cosméticos. A maior parte deles é legível e organizada. O Boti Mammy (O Boticário) e o Mustela só não foram mais bem avaliados, porque traziam letras muito pequenas em suas embalagens, dificultando a leitura. 



Voluntárias elogiaram Adcos 


Mas nosso teste foi além do laboratório. As mulheres, principais vítimas das estrias, opinaram sobre os produtos. Cada creme foi aplicado duas vezes ao dia (de manhã e à noite), por 30 voluntárias, que, depois, avaliaram aspectos como consistência, absorção, perfume, facilidade de aplicação, sensação de hidratação e elasticidade. Nenhum creme foi identificado para não influenciar as usuárias. 


Os produtos Adcos e Luciara foram os que mais e menos agradaram as participantes, respectivamente. Para elas, o odor do primeiro é bem agradável, assim como o da Natura. Entretanto, elas criticaram o cheiro que Luciara, Cicatricure e Bepantol deixam na pele. 


O Adcos também foi elogiado pela fácil absorção, ao contrário de Luciara e Mustela. Quanto à hidratação e à sensação de elasticidade, Adcos e Boti Mammy foram os campeões na preferência das participantes.


Tratamentos podem amenizá-las 


Se você não conseguiu evitar o aparecimento de estrias, existem tratamentos estéticos que podem amenizá-las. Os mais comuns são a aplicação de produtos com ácidos glicólico e retinóico e vitamina C nas áreas afetadas. 


Outras opções são microdermoabrasão (esfoliação), Dermaroller (aparelho com microagulhas que atingem a derme, formando novas fibras de colágeno, que dão firmeza à pele) e o laser. Se você quiser apenas tomar sol na piscina, na praia ou tirar fotos de biquíni, pode "maquiar" suas estrias vermelhas usando corrretivo em bastão, base e pó compacto. As brancas podem ser disfarçadas com um corretivo num tom mais escuro. 


Já a abdominoplastia é o único método que pode realmente eliminar as estrias. Bastante agressiva, a cirurgia retira o pedaço da pele com marcas da área inferior do abdômen. No entanto, é recomendado apenas para pessoas com estrias e excesso de pele. 


Independentemente do método que for escolhido, o ideal é que seja utilizado assim que as estrias aparecerem (ainda rosadas). Isso porque as brancas são mais difíceis de se eliminar, pois já se tornaram cicatrizes.

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE!


Imprimir Enviar a um amigo