Notícia

Rótulos dão dicas do melhor uso

26 novembro 2012

26 novembro 2012

Conheça algumas orientações para utilizar o protetor solar da maneira correta e saiba o que é importante verificar no rótulo.

Muita gente não costuma ler rótulos. Ainda mais quando se trata de um cosmético – e é assim que a Anvisa classifica estes produtos. Mas protetores não são um cosmético qualquer, tendo uma ação que visa muito mais à saúde do que à estética. Por isso, você deve, sim, ficar atento ao que o rótulo informa.

Nesse aspecto, temos alguns pontos para chamar sua atenção:

  • O Nivea Sun já traz uma informação que, na verdade, só será obrigatória a partir de 2014: "Se a quantidade aplicada não for adequada, o nível de proteção será significativamente reduzido”.

Esse alerta é importante porque você precisa ter em mente que não pode fazer economia com esse produto: ele precisa ser aplicado em quantidades generosas.

  • A marca Anthelios foi o único que deu uma informação vital: o prazo de validade após a abertura do produto.
Afinal, a eficácia dos protetores pode ficar reduzida após o frasco ter sido aberto, devido a interferências ambientais. Procure não usá-lo por mais de um ano depois de aberto.

Veja os dois exemplos encontrados nos rótulos que ajudam a aumentar a eficácia:


rotulos
Anthelios é o único que apresenta a data de validade após a abertura do protetor e o Nivea Sun alerta sobre a necessidade de aplicar uma boa quantidade do produto
  • Os produtos Nivea (adulto e infantil), Anthelios, Banana Boat, O Boticário e Solar Expertise (para adultos) não indicam o tempo de resistência à água. Esta informação é essencial para saber quando é preciso reaplicar o produto quando se fica um tempo nadando.
  • Apesar de o rótulo do Red Apple infantil trazer todas as informações necessárias, encontramos uma incoerência. Ele informa que tem "máxima proteção UVA". Porém, nosso teste revelou que a proteção UVA desse produto é baixa.
A partir de 2014, será obrigatório que os produtos tenham 1/3 de proteção UVA em comparação ao valor do FPS. Por exemplo, os que apresentam FPS 30 deverão ter proteção UVA de no mínimo 10. Todas as marcas testadas já trazem nos rótulos que possuem essa proteção. Porém, o modo como isso é informado ainda é muito confuso. Cada marca tem seu jeito (com frases, porcentagens e até símbolos). É preciso padronizar esse tipo de informação, para facilitar a escolha do consumidor.
protetor
Nivea Sun e Banana Boat informam FPS 30, mas têm, respectivamente, 13 e 10. E o Red Apple infantil diz ter máxima proteção UVA (+++), quando, de fato, ela é baixa

Imprimir Enviar a um amigo