Notícia

Ajudando crianças portadoras do TDAH

29 junho 2011

29 junho 2011

Pais e professores devem atuar juntos e são essenciais para identificar o transtorno do déficit de atenção e hiperatividade em crianças.

O transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), que já acomete de 5 a 10% das crianças em idade escolar no mundo, é particularmente complicado de se diagnosticar nesse grupo, principalmente pela dificuldade em separar comportamentos tipicamente infantis daqueles que caracterizam o transtorno.

Trata-se, muitas vezes, de um trabalho investigativo conjunto - e árduo - entre pais, professores, psicólogos, psiquiatras e pedagogos.

Por isso, separamos algumas dicas para ajudar tanto os pais como os professores a detectaram os sintomas dessa doença e ajudarem a diagnosticá-la, permitindo que as crianças portadoras do transtorno atinjam seu potencial pleno e tenham sucesso nas vidas acadêmica e pessoal.

Clique abaixo para vê-las:

- Como os pais podem ajudar
- Como a escola pode ajudar


Imprimir Enviar a um amigo