Notícia

Conheça melhor os sintomas da labirintite

28 julho 2014

28 julho 2014

Fique atento: se você é fumante e consome bebidas alcoólicas com frequência e está sempre com tontura ou enjôo, pode sofrer de labirintite.

Enjôo, tontura, náusea e zumbido no ouvido são sensações desagradáveis comuns para quem tem labirintite. A doença pode surgir a partir de outros problemas como doenças metabólicas, alergias, infecções, anemias, transtornos psiquiátricos, câncer e até mesmo o uso de anticoncepcionais e maconha.

 

Se você sente muitos desses sintomas, está na hora de procurar ajuda, sobretudo se também fuma e consome bebidas alcoólicas com frequência.

 

Diagnóstico inclui exames físicos e testes auditivos

 

Para tentar descobrir se possui ou não a doença, o médico deverá avaliar os seus hábitos – se pratica exercícios se possui uma dieta equilibrada, se anda estressado, etc. –, exames físicos e testes auditivos e de equilíbrio corporal, tomografia computadorizada, ressonância magnética, eletroencefalograma e vectoeletronistagmografia (exame onde é jogado água ou ar quente e frio no ouvido do paciente).

 

Confirmado o diagnóstico, o tratamento poderá ser feito com medicamentos para combater a vertigem, exercícios para reabilitação do equilíbrio e orientação alimentar. Isso porque os altos índices de colesterol, triglicerídeos e ácido úrico altos podem causar alterações nas artérias, que diminuem a quantidade de sangue no cérebro e no labirinto. Tratando a causa da doença corretamente, as chances de cura são bem altas.

 

E com a indicação de um médico, procure um fisioterapeuta que poderá ajudá-lo a melhorar sua sensação de desequilíbrio e vertigem fazendo exercícios específicos.

 

 


Imprimir Enviar a um amigo