Notícia

Conheça os verdadeiros riscos da pílula Diane 35

02 setembro 2015

02 setembro 2015

Veja quais são as contraindicações de uso da pílula Diane 35 e saiba se você deve evitar este medicamento.

A pílula Diane 35 do laboratório Bayer, como qualquer outro medicamento que combina estrogênios e progestágenos, apresenta riscos de efeitos colaterais. O fato é que muitas mulheres estão fazendo o uso da Diane 35 sem orientação médica e desconhecem os riscos dos efeitos colaterais. Por isso, a PROTESTE esclarece as principais dúvidas sobre este medicamento.


A pílula Diane 35 é segura? 


A pílula Diane 35 oferece resultados satisfatórios quando utilizada com indicação e orientação médica adequada. Este medicamento é indicado para o tratamento de doenças relacionadas aos hormônios andrógenos na mulher, alguns tipos de acne, casos leves de hirsutismo (excesso de pelos) e no caso de síndrome de ovários policísticos (SOP).

Para o tratamento da acne, a Diane 35 deve ser utilizada apenas quando outros tratamentos tópicos ou com antibióticos sistêmicos não apresentarem bons resultados.

Embora o medicamento Diane 35 também funcione como um contraceptivo oral, não deve ser utilizado exclusivamente em mulheres para contracepção, mas sim reservado apenas para aquelas que necessitam de tratamento para as condições andrógeno-dependentes.

E, ainda, recomenda-se que o tratamento seja interrompido de três à quatro ciclos após a condição indicada ter sido resolvida e que não seja continuado unicamente para fornecer contracepção oral.

 

A pílula Diane 35 engorda?

 

Em geral, o uso de produtos hormonais não aumenta o peso, ao contrário do que pensam muitas mulheres. Contudo, em alguns casos, pode ocorrer acúmulo de líquidos em certas regiões do corpo e isto é responsável pela sensação de aumento de peso.


 


Quais são os efeitos colaterais da pílula Diane 35 ?

 

A pílula Diane 35 apresenta alguns efeitos adversos possíveis, como qualquer outro medicamento à base de hormônios. É praticamente impossível prever se uma mulher vai apresentar um ou mais efeitos colaterais ou simplesmente não sentirá nada.

O mais comum é a mulher apresentar alguns efeitos adversos durante a fase de adaptação ao medicamento, que pode durar de três a quatro meses.

Neste período podem ocorrer sintomas como náuseas, dor de cabeça, dor nas mamas, sensação de inchaço no abdômen e extremidades, acne, entre outros sintomas.

Porém, existe a possibilidade da mulher sofrer com efeitos adversos mais graves, como tromboses, derrames, hipertensão, alterações hepáticas, dentre outros.

 

A pílula Diane 35 explica tudo na bula?

 

A bula do medicamento Diane 35 contempla todas as informações necessárias para o uso correto e seguro do medicamento. Porém, é importante consultar um médico antes de fazer uso do medicamento e manter o acompanhamento de um profissional durante todo o tratamento.



Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e ganhe acesso ao conteúdo exclusivo que reservamos para você! 

Se você é associado PROTESTE e precisa de ajuda com nosso conteúdo ligue para (21) 3906-3980.


Imprimir Enviar a um amigo