Notícia

Escolha seu inseticida com cuidado

15 dezembro 2015

15 dezembro 2015

Apesar do ótimo desempenho contra o mosquito da dengue, nem todos eliminam baratas e moscas.

A cada verão, o brasileiro corre o risco de ter sua casa invadida por baratas, moscas, formigas, cupins e pelo mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti. Por isso, os inseticidas em aerossol têm o seu lugar cativo no carrinho de compras.
Mas, apesar da praticidade, alguns produtos não são eficazes contra todos os insetos, ainda que na embalagem afirmem tal eficácia com palavras como "multi-inseticida". Esse foi um dos resultados de nosso mais recente teste com as marcas de inseticidas mais consumidas no Brasil. Por outro lado, todos os produtos testados matam o mosquito da dengue, e um, em especial, mata até mesmo as larvas do mosquito.
Produtos demoram para matar o inseto
Os rótulos de todos os produtos atendem às necessidades do consumidor em termos de informação. Mas a parte prática mostrou resultados não muito animadores, o que significa que você terá que esperar um pouco até ver o inseto realmente eliminado da sua casa.
Apesar da eficácia contra o Aedes aegypti, a maioria dos inseticidas não conseguiu eliminar nem 20% das moscas domésticas. Seis produtos não mataram 50% das moscas durante os 20 primeiros minutos de aplicação. E ao analisarmos a ação residual dos inseticidas em períodos de 24, 48 e 72 horas, verificamos que nenhum deles conseguiu exterminar todos os tipos de insetos nem mesmo após 72 horas.
Apesar de alguns resultados medianos, podemos dizer que existem bons inseticidas no mercado. A questão é saber qual produto é mais eficaz para cada inseto. Não encontramos um inseticida 100% eficaz para todas as pragas, mas há produtos muito bons para alguns insetos e e com desempenho aceitável para outros.

Imprimir Enviar a um amigo