Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Existe vírus H2N3 no Brasil?
Áudio no Whatsapp e redes sociais alerta sobre os perigos da doença. Mas será que essa história é verdadeira? Confira aqui!
12 abril 2018 |
h1n1-virus

Está circulando pelo Whatsapp e redes sociais um áudio alarmante sobre a presença da cepa H2N3 do vírus influenza no Brasil.

A mensagem diz se tratar de uma variação do influenza H1N1 e que o vírus causa rapidamente a morte de quem é infectado. Além disso, ele alerta que a vacina contra a gripe não oferece proteção contra a doença e que já existem diversos casos sob investigação.

Mas será que isso é verdade?

A resposta é não! De acordo com o Ministério da Saúde, o áudio que circula nas redes sociais e aplicativos de smartphones propaga informações inverídicas. Além disso, o órgão lembra ainda que os vírus de influenza que atualmente circulam no Brasil são o influenza A/H1N1pdm09, A/H3N2 e influenza B. A vacina contra gripe protege contra estes tipos de três vírus. 

Em nota, o Ministério afirma que o país possui uma rede de unidades sentinelas para vigilância da influenza, distribuída em serviços de saúde de todas as unidades federadas, que monitoram a circulação do vírus influenza por meio de casos de síndrome gripal (SG) e síndrome respiratória aguda grave (SRAG).
É bom lembrar que a falsa notícia surge na internet há poucos dias antes do início da campanha de vacinação do Governo Federal contra a gripe, que tem data marcada para a segunda quinzena deste mês de abril

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE! Se você é associado e precisa de ajuda, ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor pelo 0800 282 2204 (de telefone fixo) ou (21) 3906-3900 (de celular).

Leia também

remédios
propolis-mosquito-febre-amarela (1)
febre-amarela
Psicoterapia

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.