Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Recomendações para o uso de antigripais
Veja como usar esses remédios sem riscos à saúde.
15 junho 2011 |

Para muita gente é praticamente impossível suportar os sintomas de uma gripe ou resfriado sem usar dos “antigripais”. Tais produtos podem ser usados, mas como todo medicamento, você deve ter cautela quanto à posologia, interações medicamentosas e também no caso de algumas condições:

  • Não tome sem recomendação médica;
  • Cuidado com associações que contenham paracetamol. A dose máxima que pode ser ingerida por um adulto saudável é de 4g. Doses superiores à essa podem causar problemas hepáticos graves.
  • Antigripais não são indicados para crianças, nem para gestantes;
  • Evite utilizar ácido acetilsalicílico ou associações caso exista a possibilidade de se estar com dengue. Nesses casos, prefira medicamentos à base de dipirona ou paracetamol e procure atendimento médico;
  • Nunca tome antigripais de forma preventiva;
  • Descongestionantes nasais podem causar taquicardia e hipertensão arterial;
  • Em relação à vitamina C (ácido ascórbico), não há suporte científico suficiente para sua indicação na prevenção das gripes e resfriados. Considere apenas a ingestão da vitamina de acordo com suas necessidades diárias (cerca de 45mg – adultos, 30mg - crianças) em sua alimentação.  

Você também pode adotar algumas medidas que não têm contraindicação:

  • Ingira muito líquido;
  • Repouse;
  • Tenha uma alimentação balanceada;
  • Evite mudanças bruscas de temperatura;
  • Evite multidões em ambientes fechados;
  • Procure atendimento médico na persistência dos sintomas.

Leia também

broken-car
foto-celular
img-plano-saude1
minimo-cartao

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.