Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Sabia que você pode ter contratado um falso seguro ?
Muitas pessoas não sabem, mas ao contratar a proteção veicular elas estão correndo um sério risco de ter seus direitos violados.
23 novembro 2017 |
seguro-auto-pirata-proteção-veicular

Aquela proposta de “seguro” com preço muito acessível, milhões de promessas e de falas convincentes podem na verdade estar escondendo por trás uma armadilha muito grande para o consumidor. As proteções veiculares como são chamadas esses falsos seguros oferecidos pelas Associações e Cooperativas não possuem qualquer garantia que o seguro tradicional possui e tão pouco é regulamentado por órgãos do governo que possui leis rigorosas de defesa do consumidor. 

Quem vende esse tipo de seguro na verdade não pagam impostos e vale também lembrar que elas não possuem qualquer tipo de fiscalização, parâmetros do mercado, equipe especializada, responsabilidade com a solvência e liquidez para pagamento do sinistro.

O seguro só pode ser vendido por corretor de seguros que busca entre as seguradoras existente no mercado, o melhor seguro para as suas necessidades. As empresas possuem forte fiscalização do órgão regulador do mercado para justamente proteger você dos riscos de má solvência por parte da seguradora. 

 

Se essas associações e cooperativas falirem, ninguém consegue acha-las e se achar, não consegue punir os administradores, pois estes não são regulados pelo mercado, consequentemente você não terá seu dinheiro de volta. Não fique com esse risco em suas mãos.

 
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE! Se você é associado e precisa de ajuda, ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor pelo 0800 282 2204 (de telefone fixo) ou (21) 3906-3900 (de celular).

Leia também

cobertura-seguro-carro
casal-sonhando
cartão-santander
consignado-cartao

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.