Especial

Diga não às taxas de cadastro

01 setembro 2009

01 setembro 2009

Vitória da PROTESTE: cobrança pela abertura e renovação de cadastro foi derrubada.

Diga não às taxas de cadastro

A PROTESTE entrou com uma Ação Civil Pública (ACP) contra as 11 maiores instituições bancárias e o Banco Central. Nós pedimos:

  1. A suspensão imediata da cobrança das taxas de abertura e renovação de cadastro, enquanto a medida não é julgada
  2. A ilegalidade das taxas
  3. O ressarcimento dos valores cobrados do consumidor

A ação será proposta contra os seguintes bancos:

  • Banco do Brasil
  • Banrisul
  • Bradesco
  • Caixa Econômica Federal
  • Citibank
  • HSBC
  • Itaú
  • Nossa Caixa
  • Real
  • Santander
  • Unibanco

Se os tribunais decidirem em favor da PROTESTE, nós orientaremos os nossos associados a conseguirem o ressarcimento de maneira simples e prática.

Depois que a PROTESTE enviou uma notificação para o Banco Central, a taxa de renovação de cadastro foi suspensa. O documento continha os seguintes pontos:

  • Provando por que você é prejudicado com a cobrança das taxas.
  • Mostrando que a cobrança não tem justificativa
  • Solicitando a reformulação da resolução sobre a cobrança de tarifas bancárias. Pediremos que as taxas de cadastro e renovação não estejam mais entre as que podem ser cobradas.

 Quais vantagens os associados da PROTESTE terão nesta ação?

 Nesta ação, é necessário enviar algum documento para a PROTESTE?

 Eu preciso pagar algum valor para ser beneficiado pela ação?

 Se a ação for negada, terei que pagar as taxas não quitadas de anos anteriores?

 O banco pode fazer alguma represália?

 O que acontece se o banco cobrar a taxa e eu não tiver saldo disponível?

 A taxa se aplica a contas-poupança e outros investimentos?

 


Imprimir Enviar a um amigo