Notícia

Black Friday: 12 dicas para uma boa compra pela Internet

23 outubro 2015

23 outubro 2015

Confira as dicas da PROTESTE e saiba o que é importante observar para não ter problemas com compras online na Black Friday.

O comércio eletrônico é um dos ramos da economia que mais cresce no Brasil. Só no ano de 2014, segundo o E-BIT, as vendas aumentaram 24%. Isso se deve ao fato de mais pessoas terem acesso à Internet por meio de tablets e smartphones, aliado a comodidade e ao preço normalmente mais baixo, se comparado ao da loja física. 


Devido ao aumento no interesse dos consumidores de todas as classes para esse novo tipo de compra, mais empresas e lojas oferecem seus produtos pela Internet, inclusive estrangeiras. Por isso, a PROTESTE preparou 12 dicas sobre cuidados necessários nas compras online, que normalmente não temos em lojas físicas. Confira abaixo algumas dicas:


1 - Pesquise na Internet se existem reclamações da loja. Um dos melhores indicativos é saber se a loja não vem causando transtornos a outros consumidores. Se existirem muitas pessoas reclamando, você poderá ser o próximo. Evite esses sites, pois já é um mau sinal.

2 - Pesquise, também, no site do tribunal de justiça do seu estado. Talvez dê um pouco mais de trabalho, mas vale muito a pena. Os tribunais divulgam a lista das empresas mais processadas, e isso indica que tais empresas têm muitos problemas. É sempre bom fugir de problema! Lembrando que facilidade e preço baixo pode ser um grande atrativo, porém o mais importante é a segurança.


Confira o ranking das empresas mais reclamadas em agosto de 2015


3 - Peça orientação a um conhecido que já tenha comprado em alguma loja. Pergunte se a compra foi tranquila, se a empresa cumpriu o prazo corretamente e se o produto chegou em perfeito estado. Se deu certo com o seu amigo, há muita chance de dar certo com você também.


4 - Procure comprar em sites conhecidos e de boa reputação no mercado, que tenha endereço físico, telefone e CNPJ. Comprar em lojas apenas virtuais pode se tornar um problema, pois, em eventual reclamação, o consumidor não conseguirá notificar formalmente a loja para a troca de um produto ou a devolução do dinheiro, por exemplo.


5 - É importante verificar se o site oferece segurança no registro dos dados pessoais e do número do cartão de crédito. Tem que a figura de um cadeado no canto direito superior da página na Internet.


6 - Após finalizar a compra, a loja deverá enviar um comprovante do pedido e do pagamento. Se não receber, o consumidor deve exigir imediatamente. O comprovante será fundamental para eventual reclamação junto ao Procon ou em ação judicial.


7 - Para efetuar uma compra, o consumidor terá de informar vários dados pessoais e sigilosos. Por isso, evite comprar utilizando computador de outra pessoa ou mesmo em rede de Internet coletiva, como lan house. Profissionais mau intencionados podem tentar roubar suas informações.


8 - Analise se a oferta está dentro da média do mercado. É um momento em que precisa ter frieza, pois a tendência é correr para aproveitar, mas pode ser uma armadilha. Desconfie das ofertas muito tentadoras. É impossível todas as lojas do mercado oferecerem um produto a 100 e um site, isoladamente, oferecer por 10.


9 - Não faça depósitos em nome de pessoa física. Se está comprando de uma loja, o pagamento deve ser feito à loja e não a uma pessoa estranha.


10 - Antes de comprar, confira a lista atualizada de sites fraudulentos divulgada pelos órgãos de defesa do consumidor. O Procon de São Paulo, por exemplo, divulga uma lista de sites que devem ser evitados. 


11 - Se chegar um produto diferente daquele comprado, o consumidor poderá desistir da compra e devolver o produto no prazo de 7 dias. O consumidor não é obrigado a ficar com um produto que não quis comprar. E mais, poderá desistir e devolver ainda que o produto esteja em perfeito estado e seja o mesmo comprado. Nem precisa justificar o motivo da devolução, basta olhar e não gostar. Essa é uma das vantagens da compra pela Internet ou por telefone.


12 - Se um site oferece uma excelente condição de compra, mas não preencher os requisitos de segurança, desista do negócio, por mais tentador que seja, e procure outro site ou vá a uma loja física.


BAIXE A CARTILHA DE COMÉRCIO ELETRÔNICO


Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e ganhe acesso ao conteúdo exclusivo que reservamos para você! 

Se você é associado PROTESTE e precisa de ajuda ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor nos telefones: (21) 3906-3900 (de telefone fixo) e 0800 201 3900 (de celular).


Imprimir Enviar a um amigo