Notícia

25 anos do CDC: PROTESTE promove Ciclo de Debates em parceria com OAB

03 setembro 2015

03 setembro 2015
O amadurecimento nas relações de consumo é o grande marco da lei. Evento com especialistas do tema ocorre no mês de Setembro e tem inscrições gratuitas, porém limitadas. Garanta sua participação.


Como parte das comemorações dos 25 anos do Código de Defesa do Consumidor, a PROTESTE, em parceria com a seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Penha de França, em São Paulo, promove um Ciclo de Debates com especialistas no tema. As palestras serão realizadas em duas datas, em 11 e 17 de Setembro


A participação é gratuita e a inscrição pode ser feita pelo e-mail: seminario@proteste.org.br. Será fornecido certificado. As vagas são limitadas, por isso, garanta logo sua participação.


Confira programação do evento


No dia 11 de setembro, às 10 horas, o evento será realizado na seccional da OAB Penha, localizada na Rua Rodovalho Júnior, 234, Penha. Os palestrantes serão: Paulo de Tarso Vieira Sanseverino, ministro do Superior Tribunal de Justiça e Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da PROTESTE.

No dia 17 de setembro, às 10 horas, as palestras ocorrerão no auditório do Edifício New Place, localizado na Rua Machado Bittencourt, 361, Vila Clementino. Os palestrantes serão: Paulo Jorge Scartezzini Guimarães, juiz e assessor da Presidência de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo, Marco Antônio Zanellato, procurador de Justiça e Roberta Densa, professora da Universidade São Judas Tadeu.


Serviço de Defesa do Consumidor da PROTESTE: lutando por seus direitos


CDC tornou direitos e justiça mais acessíveis 


Quando o Código de Defesa do Consumidor começou a vigorar, muitas empresas temiam a sua implantação. Acreditavam que surgiriam direitos ilimitados aos consumidores. "Hoje há uma efetiva conscientização sobre direitos e do acesso à Justiça, e um amadurecimento nas relações de consumo", destaca Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da PROTESTE.


Hoje são questões prioritárias o consumo sustentável no mundo e o aperfeiçoamento nas relações de consumo para ajudar no crescimento do país. O desafio, na avaliação da PROTESTE, é atuar para conscientizar os consumidores sobre os impactos do seu consumo e orientá-los para uma postura mais responsável.

Os próximos anos serão importantes para se definir de que forma podemos acompanhar a velocidade das mudanças, com maior transparência das empresas para com seus deveres, para termos condições de construir um CDC ainda mais efetivo. As empresas se mobilizam para acompanhar a velocidade com que o consumidor busca informações antes de consumir.


Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE!


Imprimir Enviar a um amigo