Notícia

A PROTESTE reivindica clareza nas contas

04 junho 2014

04 junho 2014

A PROTESTE pede providências para que os bares entreguem contas e notas fiscais com o valor da taxa de serviço e informem que o pagamento é opcional.

Os resultados do estudo foram enviados à Associação Brasileira de Bares e Restaurantes para que tomem providências junto aos restaurantes associados, orientando-os a descrever na conta e na nota fiscal o valor da taxa de serviço, assim como deixar claro para o cliente a voluntariedade de seu pagamento. 

Também pedimos às secretarias da Fazenda dos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo e aos Procons que fiscalizem e penalizem os restaurantes que cometeram irregularidades na cobrança da taxa de serviço.


Imprimir Enviar a um amigo