Notícia

Adidas cancela compras da Black Friday

21 dezembro 2016
black-friday

21 dezembro 2016

PROTESTE notifica empresa, que descumpriu a lei ao não atender consumidores, alegando que ocorreu erro no sistema do site. Mas não aceite ser prejudicado por isso!

 site-Adidas

Imagina comprar um produto pela Internet e depois receber um aviso de que o pedido foi cancelado? Pois foi o que aconteceu com quem tentou aproveitar os descontos da Adidas, na última Black Friday, no dia 25 de novembro.

Na ocasião, todos os produtos da marca ficaram temporariamente com o valor de R$129,99 e os que aproveitaram o desconto foram comunicados que, por causa de um erro no sistema, os preços estavam errados. E, por isso, seus pedidos não seriam atendidos.

A alegação da empresa não é válida, pois a responsabilidade do fornecedor é objetiva, ou seja, sem necessidade de haver culpa. Portanto, a Adidas infringiu os artigos 30 e 31 do Código de Defesa do Consumidor. Ambos deixam claro que a empresa devem cumprir as ofertas veiculadas por qualquer meio de comunicação.

É importante ainda destacar que, com o erro da empresa, o consumidor que comprou no site da Adidas acabou perdendo a chance de adquirir produtos em promoção em outras lojas – e, consequentemente, ficou sem o que desejava, já que a marca quebrou o contrato. E é importante ainda destacar que, por se tratar de uma época de descontos, não havia como imaginar que os preços estavam errados.

 compra-online

Há de se ressaltar ainda que não foram poucos os consumidores que se sentiram lesados. A PROTESTE recebeu inúmeras reclamações de consumidores e já tomou as primeiras providências, encaminhando notificação para a Adidas, cobrando o cumprimento de todas as ofertas do Black Friday. E, caso você tenha passado por problema semelhante (mesmo com outras lojas e marcas), reclame aqui com a ajuda da PROTESTE. Não permita que seus direitos sejam desrespeitados. 



Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE! Se você é associado e precisa de ajuda, ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor pelo 0800 282 2205 (de telefone fixo) ou (21) 3906-3800 (de celular).


Imprimir Enviar a um amigo