Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Brasileiro desconfia de consumo ético
Nossa pesquisa inédita revela que, apesar de associar responsabilidade social corporativa ao marketing de empresas e criticar o papel do governo nesse setor, o consumidor toma atitudes ligadas a serviços e produtos que desrespeitem o meio ambiente e mostra confiança no seu poder de escolha.
 
15 maio 2013 |

Qual será a percepção do brasileiro acerca do consumo ético, termo, bastante em voga, usado para descrever serviços e produtos ecológica e eticamente corretos? Nossa pesquisa inédita, que ouviu também consumidores espanhóis, portugueses, italianos e belgas, mostra que ‘ceticismo’ pode ser uma resposta apropriada.

Aproximadamente 81% dos entrevistados acreditam que ‘responsabilidade social’ é uma mera estratégia de marketing usada por empresas com o objetivo de parecerem respeitáveis aos seus clientes. A visão crítica se estende ao desempenho das autoridades na fiscalização do comportamento dessas instituições e à pouca quantidade de informação disponibilizada para o público.

O brasileiro elege vilões para cada setor de atuação. No de indústrias com pior comportamento ambiental, por exemplo, o setor de energia (gás, eletricidade, petróleo) é o escolhido. Já no de falta de ética nos negócios, bancos são vistos como os piores agressores. O setor de telecomunicações é especialmente malvisto em relação ao respeito ao consumidor. Não por acaso, empresas que atuam nesse setor costumam liderar os rankings de queixas.

Nossa pesquisa revela, entretanto, boas perspectivas. O brasileiro acredita que seus hábitos de compra têm grande poder de influência sobre condutas corporativas e mostra ter também bastante consciência ecológica, fator que considera o mais importante na atividade de uma empresa. Uma parte considerável, ao saber que uma instituição desrespeita o meio ambiente, tende a deixar de consumir seus produtos.

Confira alguns dados interessantes de nosso estudo.

  • 81% dos participantes da pesquisa acreditam que as empresas usam a responsabilidade social como mera estratégia de marketing para fortalecer a sua imagem.
  • 75% acham que suas escolhas de consumo são uma forma eficaz de pressionar as instituições a melhorar sua conduta.
  • Nos últimos 12 meses, 61% buscaram informações sobre a atuação de corporações.
  • 46% afirmaram ter deixado de comprar um produto, nos últimos 12 meses, devido à conduta de uma empresa.        
  • O brasileiro toma conhecimento da atuação de empresas principalmente por meio da mídia (86%). Em seguida vêm Internet (85%) e ONGs (83%).

Leia também

apple
abertura
economia-eletrodomesticos-1
cuidados-com-colchao

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.