Notícia

Cartão amarelo para serviços financeiros

15 março 2011

15 março 2011

No dia mundial dos direitos do consumidor, PROTESTE se alia a entidades mundiais e denuncia os problemas que persistem na área financeira.

Os serviços financeiros merecem cartão amarelo, porque, após 20 anos do Código de Proteção e Defesa do Consumidor (CDC), persistem diversos problemas nas prestações de serviços ao consumidor. Entre eles, estão falta de transparência, clareza e garantias nas informações do sistema financeiro e até mesmo má qualidade dos serviços prestados pelas empresas que deveriam cuidar da saúde do consumidor.

Por isso, no dia mundial dos direitos do consumidor, a PROTESTE se une às demais entidades da Consumers International (a ONU das organizações de defesa do consumidor) na campanha por mais proteção ao consumidor de serviços financeiros e por serviços mais justos.

Nas pesquisas e levantamentos feitos pela PROTESTE constata-se que mesmo com os avanços obtidos ainda há muito a melhorar nos setores de financiamento de bens, crédito, seguro habitacional, plano de saúde, previdência privada e de fundos multimercado. Veja abaixo mais detalhes.


Imprimir Enviar a um amigo