Notícia

Compras on-line: atenção às cláusulas abusivas

26 novembro 2014

26 novembro 2014

Adquirimos smartphones em quatro lojas virtuais e vimos que, apesar de as transações serem seguras, os estabelecimentos tentam se isentar de danos aos aparelhos.

Apesar de a Internet já ser parte do cotidiano, muitos ainda relutam em expor seus dados e comprar on-line. Para ver como anda esse cenário no Brasil, analisamos a venda virtual de smartphones em quatro lojas oficiais – Apple Store, Motorola, Nokia e Sony – com entrega no Rio de Janeiro.  

As transações foram seguras. Mas todos os estabelecimentos têm cláusulas abusivas, buscando se eximir da culpa por danos aos aparelhos.

Lojas informam descrição do produto e telefones para contato

As lojas cumprem os requisitos de descrição completa do produto, disponibilidade dos celulares em estoque e prazo de entrega.  

Todas disponibilizam telefones de contato, essencial para sanar possíveis dúvidas durante a compra. Porém, apenas o da Apple Store é gratuito para o Brasil inteiro.

Estabelecimentos tentam se eximir de culpa por defeitos

Os problemas começam nos termos e nas condições de compra, que a Sony ignora, e nas cláusulas, em que todas se mostram abusivas. A loja da Apple não fornece o link para o Código de Defesa do Consumidor (CDC) e a da Motorola culpa o fabricante por qualquer defeito do produto, sendo que alguns podem ocorrer durante o transporte, responsabilidade do fornecedor.

Arrependimento de compra, em até sete dias, é seu direito

A loja da Sony exige que o consumidor justifique o motivo da desistência ao se arrepender da compra, o que vai contra a lei. E a da Nokia tem a cláusula mais vaga e abusiva, ao tentar se eximir da obrigação por danos e não mencionar o direito de arrependimento – seu direito, em até sete dias a partir do recebimento do aparelho. Esse direito é citado na Sony, mas não o prazo para reembolso.

Compra é segura e aparelhos comprados chegaram dentro do prazo 

O processo de compra flui pontualmente e com segurança, com todas indicando número do pedido, avisando a confirmação detalhada da compra, tanto no site quanto por e-mail, e criptografando as informações no pagamento. 

Confira os resultados do teste aqui e veja a avaliação de outras lojas virtuais em nossos comparadores de preços.

Compras on-line: como evitar problemas:

Para não ter dores de cabeça na hora de adquirir algum produto pela Internet, avalie o site e busque referências; siga nossas dicas e minimize os riscos.  

 

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e ganhe acesso ao conteúdo exclusivo que reservamos para você!



Imprimir Enviar a um amigo