Notícia

Cuidado com presentes muito baratos

19 dezembro 2014

19 dezembro 2014

Neste Natal, desconfie de promoções irresistíveis e fuja das tentações que os camelôs oferecem.

Se você pretende comprar presentes em camelódromos, pense bem: a maioria dos produtos é falsificada e, às vezes, até roubada. São brinquedos, DVDs, óculos de sol, equipamentos eletrônicos, tênis e até cosméticos. Nesta época do ano, os ambulantes também oferecem enfeites natalinos, como guirlandas, pinheiros artificiais e lâmpadas coloridas, do tipo “pisca-pisca”. Elas precisam ter selos de segurança, que, no entanto, podem ser adulterados. 

O grande problema de se comprar em camelôs é que você não sabe a origem dos produtos. Além disso, eles não fornecem nota fiscal, o que dificulta a troca ou uma reclamação por defeito, junto ao fabricante e ao próprio ambulante.

Preço da Internet nem sempre compensa

Na Internet, você também encontra preços melhores do que em lojas físicas, mas deve se precaver para garantir o recebimento do produto antes do Natal ou para não cair em golpes. Se achar uma promoção irresistível em um site desconhecido, peça informações sobre a empresa (razão social, CNPJ, endereço e telefone). Se a referência for uma caixa postal, desista; você poderá ter dificuldades para localizar o fornecedor em caso de problemas. E nunca faça depósito em uma conta de pessoa física.

Opte por lojas conhecidas, imprima e salve todos os passos da operação. E lembre-se de que a compra feita pela internet pode ser cancelada e os valores pagos, devolvidos, mesmo sem defeito no produto. O prazo para a desistência é de sete dias, contados a partir do recebimento do produto.

Casa arrumada, sem sustos

Muita gente ainda aproveita o final do ano para reformar a casa. Mas, antes de contratar qualquer serviço, de um pintor, eletricista ou até mesmo um arquiteto, peça referências a amigos. Exija um orçamento e elabore um contrato, no qual deve constar forma de pagamento, tempo para execução e tipo de material usado. E não esqueça de exigir recibo ou nota fiscal.


Imprimir Enviar a um amigo