Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

É seguro comprar produtos fora da embalagem pela Internet?
Entenda por que algumas lojas vendem mercadorias fora da caixa com até 70% de desconto e veja os cuidados que você deve ter ao comprá-las. 
01 fevereiro 2019 |
mercadorias-fora-da-caixaXXX

Imagine que você está pesquisando um fogão e um celular na Internet e, de repente, encontra os dois produtos pela metade do preço, em um site que desconhece, com o seguinte aviso: “Produtos fora das embalagens originais”. 

Estabelecimentos são obrigados a exibir preços dos produtos

Parece estranho, contudo não é, justamente pelo fato de o produto não estar embalado ou “fora da caixa”.

Isso porque, muitos sites de compras revendem as mercadorias com pequenos defeitos ou que foram devolvidas por consumidores que desistiram da compra on-line.

Você não é obrigado a informar o CPF nas lojas

Avarias não podem afetar o funcionamento da mercadoria

Como estão fora da embalagem original ou com pequenas avarias – que não devem afetar seu funcionamento – e não podem ser ofertados como novos, esses produtos são comercializados com descontos de até 70%. 

mercadorias-fora-da-caixa03novaversao

Testes e dicas sobre eletrodomésticos

Com preços bem mais baixos em relação à média do mercado, não é de se estranhar que os sites ou até mesmo lojas físicas que comercializam as mercadorias fora da embalagem venham atraindo um número cada vez maior de consumidores. Mas é seguro comprar esses produtos?

Em primeiro lugar, você deve estar bem consciente sobre a compra que vai fazer. A loja deve deixar claro qual é o real estado da mercadoria, indicando o defeito que ela tem, e fornecer nota fiscal. Exija a sua!

Você pode desistir da compra

É importante destacar ainda que, ao comprar um produto fora da embalagem, você tem os mesmos direitos como consumidor em relação a um produto novo. 

Em caso de vício oculto – que não foi avisado pelo vendedor e difícil de ser constatado no recebimento da mercadoria –, o CDC determina os mesmos 30 ou 90 dias para reclamar. Esse prazo passa a ser calculado quando o defeito é descoberto pelo consumidor.

 mercadorias-fora-da-caixa02

No entanto, caso você compre o produto sabendo da existência de problemas, não poderá reclamar, já que aceitou comprá-lo com tais especificações e recebeu um desconto por isso. 

Por outro lado, se o vendedor não falar sobre os defeitos ou minimizá-los, estaremos diante de uma propaganda enganosa, proibida pelo CDC. Veja este exemplo:

Uma loja informa que uma TV está sem caixa, com um pequeno arranhão na tela. Você compra o aparelho. Contudo, ao recebê-lo, percebe que o arranhão não é pequeno e impede que a TV seja usada. Sendo assim, você tem o direito de devolver o produto, sem custo. 

Você também pode desistir dessa compra, feita por telefone ou Internet, dentro dos sete dias previstos pelo CDC.

O contato para o pedido de cancelamento deve ser feito, de preferência, por e-mail. Se a solicitação for feita por telefone, peça o número de protocolo, registre data e horário da ligação e anote o nome do atendente. Essas informações são fundamentais para comprovar que você cancelou a compra no prazo 

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE! Se você é associado e precisa de ajuda, ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor pelo número 4003-3907.

Leia também

cursos-que-garantem-emprego
carro-usado
compra-de-carro (1)
PIM_Colchão_05

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.