Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Greve dos Correios: PROTESTE orienta sobre os direitos dos consumidores e empresas

Juliana Moya explicou no Jornal Extra as principais dúvidas dos deveres e direitos nas vendas on-line durante a paralisação

20 agosto 2020 |

O comércio on-line se tornou uma solução para empresas continuarem a vender seus produtos durante o isolamento social. Entretanto, com a paralisação dos Correios por tempo indeterminado, declarada na segunda-feira (20), surgiu a incerteza sobre os deveres e direitos nesse momento tanto por parte dos comerciantes quanto dos consumidores. Juliana Moya, especialista PROTESTE, participou da reportagem para o Jornal Extra a fim de esclarecer as principais dúvidas a respeito desse caso, nessa quinta-feira (20).

Segundo a especialista, se a encomenda atrasar ou não for entregue, o consumidor tem o direito de cancelar a compra e obter a devolução integral dos valores pagos ou solicitar um desconto na loja, outra opção é negociar um crédito para utilizar em compras futuras.

Além disso, a empresa não pode cobrar taxa ao consumidor caso opte por contratar um serviço adicional para a entrega do produto.

“A partir da vulnerabilidade do consumidor diante de uma empresa, é a empresa que tem que arcar com esse custo, e eventualmente ela pode pedir o ressarcimento aos Correios.”

Leia a matéria completa, aqui.

Leia também

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.