Mais Barato PROTESTE: Utilize nosso plugin e garanta os menores preços, nas melhores lojas!

PROTESTE cobra respeito ao consumidor na venda de ingressos para o U2
Os acontecimentos vistos no último dia 16 de janeiro, data em se iniciou a venda de ingressos para o primeiro show da banda U2 no Brasil, não podem, de maneira alguma, ser repetidos.
23 janeiro 2006 |
Vários consumidores passaram horas na fila, foram submetidos a tumultos e até mesmo, em alguns casos, a intervenções da Polícia Militar, sendo que muitos abandonaram os postos de venda sem conseguir adquirir seu bilhete.

Para evitar que essa triste cena se repita, os realizadores do evento, a Accioly Entretenimento e a Planmusic, devem proporcionar, para a venda dos ingressos do segundo show (previsto para 21 de fevereiro), condições razoáveis e proporcionais a um evento de tal magnitude. Devem respeitar o consumidor. Caso contrário, são responsabilizados.

Respeitar o consumidor significa divulgar com antecedência os locais de venda, datas, horários, valores e formas de pagamento aceitas, e ainda o número de ingressos que cada pessoa pode adquirir. Em relação à meia-entrada para estudantes, é também importante que sejam explicadas as condições de venda, como a presença física do estudante para a compra, com apresentação da carteirinha dentro da data de validade ou comprovante de matrícula.

A PROTESTE entende, também, que os organizadores devem cuidar para que a operação de vendas ocorra sem transtornos e ofereça ao público interessado um atendimento seguro, eficiente e o menos desconfortável possível.

Caso assim não seja, os realizadores do evento poderão ser responsabilizados tanto em face de cada consumidor (em caso de dano material ou moral) bem como frente ao Poder Público, que, por meio da aplicação das sanções administrativas previstas nos arts. 55 e seguintes do CDC, poderá multá-los ou suspender temporariamente sua atividade.

Cuidados que o consumidor deve tomar
Alertamos que a compra não deve ser feita com cambistas e fontes não-oficiais, porque o consumidor, nesses casos, além de pagar mais caro, fica sem nenhuma garantia, pois não terá a quem reclamar em caso de problemas.

O cuidado em compras por meio de sites de comércio eletrônico também deve ser tomado, pois estes não se responsabilizam pelas vendas: são negócios feitos entre particulares, para os quais não se aplica o CDC.

Os incidentes que aconteceram em lojas do Grupo Pão de Açúcar (postos de venda do primeiro show) são lamentáveis, e por esta razão, a PROTESTE exige explicações e providências.

Os organizadores, diante dos lamentáveis eventos, houveram por bem repensar sua estratégia para a venda dos ingressos do segundo show, e a divulgação das informações deverá acontecer no dia 27 deste mês.

Esperamos que, enfim, o consumidor e fã seja tratado com respeito.
Caso tenha problemas, sentindo-se lesado, o associado da PROTESTE deve procurar-nos para os encaminhamentos devidos.

Leia também

img-plano-saude1
waze
teste-carro

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.