Notícia

Saiba como testamos as bolas de futebol

27 maio 2014

27 maio 2014

Peso, circunferência e redondeza foram somente alguns dos quesitos levados em conta. Conheça aqui todos os critérios de avaliação utilizados em nosso teste.

Em parceria com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), avaliamos 15 redondas. Entre elas, a Adidas Brazuca, gorduchinha oficial da Copa do Mundo 2014. A redondeza das bolas foi um dos quesitos analisados. Se ela não é completamente redonda, seu desempenho fica comprometido. Peso e comprimento da circunferência também foram alvos de nossa análise, assim como os critérios abaixo:

 

Retenção de tamanho e formato - Jogamos as bolas 2 mil vezes contra uma superfície rígida a uma velocidade de 50 km/h para constatar se formato, circunferência e pressão se mantêm constantes.

Aerodinâmica - As redondas foram colocadas em um túnel de vento com o seguinte objetivo: saber quais delas sofrem mais e menos mudanças em sua trajetória.

Teste prático - Quatro jogadores de linha e três goleiros da categoria sub-20 do Fluminense, após simulação de jogo, deram suas impressões sobre as bolas.

Repique – Avaliamos a elasticidade das bolas e a capacidade delas em quicar.

Perda de pressão - Observamos se a pressão das bolas se mantém constante. Isso é essencial. Caso contrário, seria preciso enchê-las durante a partida, o que seria muito inconveniente.

teste-bola-copa-proteste
Em parceria com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), avaliamos 15 bolas de futebol.

Imprimir Enviar a um amigo