Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Saiba quais são os produtos recomendados por nossos associados
Testamos colheres de sorvete e descascadores de legumes. E, pela primeira vez, recorremos não ao laboratório em busca de resultados, mas sim aos nossos associados. Confira o resultado do teste.
28 julho 2016 |

A missão da PROTESTE se resume em promover a defesa do consumidor e contribuir para aprimorar as relações de consumo na sociedade. E nada melhor do que contar com a ajuda dos nossos associados para alcançar esse objetivo. Pensando nisso, lançamos um desafio: pedir que eles mesmos avaliassem dois produtos. Colheres de sorvete e descascadores de legumes foram os utensílios colocados na berlinda. Veja quais foram os resultados dessa experiência inédita.

colher-sorvete

Duas marcas de colheres de sorvete não agradaram 

Entre os 95 associados que colaboraram, 45 ficaram responsáveis por analisar as colheres de sorvete. Cada um deles recebeu em casa três diferentes modelos e, após utilizá-los, foi preciso responder a um questionário on-line. Ao todo, foram 27 os modelos testados, entre colheres de aço inox, liga de zinco, plástico e zamak cromado. 

Quatro delas se destacaram na visão dos participantes. Em aço inox com ejetor, a Verona, da marca Brinox, foi a única com nota máxima em todos os parâmetros – desde a eficiência na produção das bolas até a ergonomia e manutenção do aparelho. O que atrapalha, no entanto, é o preço salgado: R$ 119,90. Mais em conta, o modelo em aço inox da linha Utility, fabricado pela Coza,também se sobressaiu. “Ele é fácil de manusear e as bolas ficaram perfeitas”, afirmou um dos associados. 

Em contrapartida, duas colheres não agradaram: Finlandek e Arthi, ambas de plástico. A principal queixa foi sobre a dificuldade de retirar as bolas de sorvete do utensílio, embora a Arthi tenha recebido ainda críticas em relação à ergonomia: “Ela é dura. Deixa a palma da mão doendo”.

 

descascador-legumes

Oito descascadores se sobressaíram 

A análise dos descascadores – dos tipos circular, dedo, longo e formato em Y – contou com o auxílio de 50 associados e seguiu a mesma linha da avaliação das colheres de sorvete. E entre os 30 modelos analisados, oito chamaram a atenção. Entre eles, está o OXO – Good Grips, apontado como fácil de usar e veloz no corte. “A lâmina desliza sem obstáculos e com velocidade muito eficiente”, elogiou um dos colaboradores. 

Três produtos da marca Kyocera – Ceramic Mega Peeler, Ceramic Peeler e Ceramic Perfect Peeler – também caíram no gosto dos associados, que consideraram como diferencial as finas fatias de casca que eles retiram. Por outro lado, a compra de quatro descascadores foi desaconselhada. O Mimo Style, o Multi.Uso e o Coza – Linha Utility – desapontaram em relação à qualidade da lâmina. 

Já o modelo da marca Up! Lar apresentou como problema a sua ergonomia, sendo estas algumas das reclamações sobre o produto: “O manuseio é desconfortável”; “Ele exige força e é necessário retirar as cascas que enroscam na lâmina”.

Confira a tabela abaixo com a avaliação final de todas as marcas testadas por nossos associados:

Tabela-testecomagente

 

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE!

 

Leia também

apple
moto-x4-aparelho
conta-corrente-como-abrir
consignado-cartao

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.