Notícia

Lâmpadas pouco duráveis e de baixa qualidade

05 junho 2013

05 junho 2013

Ter uma lâmpada que pode queimar bem antes do previsto já é um problema. Mas imagine o inconveniente que é ter um produto que, com o tempo, vai perdendo a capacidade de iluminar até você ficar quase no escuro.

Nos testes realizados pela PROTESTE com lâmpadas fluorescentes compactas de 15w o problema já começa na embalagem, pois algumas embalagens informam um falso período de durabilidade. Esse foi o caso da lâmpada Ourolux, que diz durar sete anos. Porém nossas análises mostraram que se você acendê-la e apagá-la dez vezes ao dia, esse produto não vai durar nem dois anos. Fora este problema, no geral os rótulos contêm todas as informações obrigatórias e, por isso, no item rotulagem, todas as marcas receberam o conceito "muito bom".

Para realizar o teste programamos cada modelo de lâmpada para acender e apagar 20 mil vezes, com ciclos de três minutos acesas e cinco minutos apagadas e todas elas queimaram muito antes da programação. E as lâmpadas equivalentes vendidas no mercado europeu resistem a até 50 mil ciclos de ligar e desligar nas mesmas condições, sem queimar, Mais conclusão decepcionante para os consumidores brasileiros.

Ao transformarmos esses ciclos em anos de uso, descobrimos que Osram, Golden, Kian e Ourolux não resistem nem a dois anos de uso se as ligarmos e apagarmos dez vezes por dia. Já se fizermos isso quatro vezes por dia, a Osram dura apenas três anos e oito meses. Golden, Kian e Ourolux, de quatro anos e três meses a quatro anos e oito meses. Já a Sylvania ficaria acesa durante sete anos e um mês, se considerarmos quatro ciclos diários de ligar e desligar.  

Outro problema que verificamos com todas as marcas é que com o tempo as lâmpadas perdem a capacidade de iluminar o ambiente. As marcas que tiveram os piores resultados foram Golden, Kian, FLC e Ourolux, estas perdem 15% de sua luminosidade após 2 mil horas de uso e as outras marcas 10%.

Já em relação à quantidade de luz produzida – quanto maior o fluxo luminoso, melhor –, vimos que os resultados de todas as marcas são bem próximos. Mas Golden, Kian, Ourolux e Sylvania deixam a desejar. Quanto à segurança, porém, não há o que temer: todas as testadas se saíram bem nessa análise.

Contudo, o mesmo não se pode dizer quando avaliamos se as lâmpadas possuem eficiência mínima para o selo de eficiência energética (Ence). Constatamos que as marcas FLC, Golden, Sylvania, Ouroluz e Kian não estão de acordo com o critério de eficiência. Isso quer dizer que elas gastam mais energia elétrica para produzir a mesma quantidade de luminosidade. As únicas lâmpadas realmente boas quanto à economia que promovem foram Osram, Empalux e Tashibra.

Veja abaixo a tabela com tempo de duração de cada lâmpada: 

Marca

Ciclos

Duração: 4 Ciclos por Dia

Duração: 8 Ciclos por Dia

Duração: 10 Ciclos por Dia

Empalux

8.372 

5 anos e 8 meses

2 anos e 11 meses

2 anos e 4 meses

FLC

8.420

5 anos e 10 meses

2 anos e 11 meses

2 anos e 4 meses

Golden

6.210

4 anos e 4 meses

2 anos e 2 meses

1 ano e 8 meses

Kian

6.251

4 anos e 4 meses

2 anos e 2 meses

1 ano e 8 meses

Osram

5.438

3 anos e 8 meses

1 ano e 11 meses

1 ano e 6 meses

Ourolux

6.844

4 anos e 8 meses

2 anos e 4 meses

1 ano e 11 meses

Sylvania

10.426

7 anos e 2 meses

3 anos e 7 meses

2 anos e 11 meses

Tashibra

8.711

6 anos

3 anos

2 anos e 5 meses

 


Imprimir Enviar a um amigo