Notícia

Pilhas e baterias: regras para uso e descarte

17 setembro 2012

17 setembro 2012

Saiba quais são as novas maneiras de usar, descartar, transportar e reciclar esses materiais.

Postos de vendas deverão disponibilizar pontos de coleta de seletiva de pilhas e baterias. Essa e outras novas regras de uso e descarte desses produtos entraram em vigor no início de setembro. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União, pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA.

Veja o que mais mudou em relação a esses materiais:

  • Deverão ser informados os nomes das empresas fornecedoras e responsáveis pela reciclagem, o destino, o aterro utilizado pelas companhias e os procedimentos adotados no processo.
  • É necessário informar quem são os responsáveis pelo transporte de pilhas e baterias descartadas, além dos locais de origem e destino.
  • Agora os fabricantes são obrigados a informar sobre a adaptação às novas regras presentes na norma para o descarte e a reciclagem, nas embalagens e manuais de pilhas e baterias.

Substâncias em pilhas e baterias apresentam ameaças 

As pilhas e baterias preocupam as autoridades porque podem ser prejudiciais à saúde e ao meio ambiente. Estes produtos possuem substâncias como mercúrio, cádmio, chumbo, zinco-manganês e alcalino-manganês que podem levar à anemia, a problemas neurológicos e ao desenvolvimento de câncer.

No meio ambiente, o descarte das pilhas e baterias pode atingir os lençóis freáticos, o solo e a alimentação, e quando descartado com lixo comum, pode prolongar o tempo de degradação de diversos outros resíduos.


Imprimir Enviar a um amigo