Notícia

Bloqueio da Internet fixa teria grande impacto na vida profissional

29 abril 2016

29 abril 2016

Cortes no acesso e novo modelo de cobrança por franquia de dados atingiriam desde autônomos a grandes empresas. Veja quais seriam os principais problemas e assine a nossa petição contra bloqueio da internet fixa.

A recente iniciativa das operadoras em impor limites à Internet fixa não foi bem aceita pelos usuários e consumidores em geral. Se para muitos que utilizam a internet para lazer, entretenimento e estudos já causa revolta, para quem necessita da internet para trabalhar a questão é ainda mais preocupante


Após dar aval às operadoras para que implementassem limites à Internet, a Anatel recentemente recuou e indeterminou o prazo para a implentação. Porém, o recuo está longe de resolver a questão e o bloqueio não deixa de ser uma ameaça. Por isso, a PROTESTE continua na luta para impedir que esse absurdo vire prática do mercado. Junte-se a nós nesse movimento e assine nossa petição


DIGA NÃO AO BLOQUEIO DA INTERNET FIXA 


Seja pelo corte da banda larga ou pela diminuição da velocidade, profissionais de diversas categorias seriam duramente prejudicados com o bloqueio proposto pelas operadoras. Além disso, a prática de cobrar franquia de dados por uso excedente pode encarecer ou até mesmo inviabilizar o exercício de algumas atividades


Usuários que trabalham em casa seriam prejudicados 


A prática do Home-office já é uma realidade em diversos países e no Brasil, tem ganhado cada vez mais força nos últimos anos devido ao fato de ser menos custoso para empresas. E muito além de comodidade para o funcionário, o Home Office também tem a função social de auxiliar na mobilidade urbana, já que contribui com menor fluxo de pessoas se deslocando numa mesma faixa de horário


No entanto, caso o limite de banda larga fixa venha à tona, pode mudar essa realidade. O bloqueio do acesso, redução da velocidade ou cobrança excedente, encareceria os custos e prejudicaria estes profissionais que dependem da internet para se conectar remotamente à empresa para desempenhar suas atividades diárias. 


Profissionais autônomos, pessoas que têm negócios online ou que trabalham com conteúdo áudio visual – que consome grande quantidade de dados – também teriam dificuldade em arcar com elevados custos pela cobrança de franquia excedente. Isso significa que em larga escala, gastos excessivos com a internet poderiam diminuir drasticamente a margem de lucro, aumentar o custo para o consumidor final ou até mesmo inviabilizar algumas atividade e negócios. 



Grandes empresas também teriam problemas 


O impacto da franquia de dados da internet fixa é muito maior do que se pensa. Caso seja implementada a limitação do acesso, e na pior das hipóteses, a operadora não oferecer ao menos um plano de acesso ilimitado, a prática poderia prejudicar até mesmo grandes empresas. 


Já imaginou como seria complicado controlar o consumo de 200 funcionários que utilizam a internet diariamente e simultaneamente para desempenhar suas atividades? Ou pior: Já pensou ter uma importante videoconferência interrompida ou simplesmente ser obrigado a paralisar todos os serviços por ter excedido o limite mensal do plano


Diante dos inúmeros transtornos, o fato é que, caso haja limitação de dados na internet, para muitos será inviável trabalhar ou exercer suas atividades profissionais da mesma maneira como executa hoje.


Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE!


Imprimir Enviar a um amigo