Especial

Guia da conversão de pulso para minuto

28 março 2007

28 março 2007

Nos estados em que a cobrança da telefonia fixa já mudou, quem ainda não optou por um plano sentirá no bolso a diferença.

Tire suas dúvidas

Qual o valor da assinatura por minuto?

O valor da assinatura é variável de estado para estado.

E para ligar para celular?

Hoje, quando você liga do fixo para um celular a ligação é cobrada por minuto e não está incluída na assinatura, que só dá direito a ligação de fixo para fixo. No novo sistema, quer seja no plano básico ou no alternativo - Pasoo, a regra continua a mesma. O valor de ligação do fixo para celular também não se altera, e será reajustado na data base da sua operadora.

E para interurbanos?

Hoje, quando você faz uma ligação LDN - Longa Distância Nacional (DDD), a ligação é cobrada por minuto e não está incluída na assinatura, que só dá direito a ligação local de fixo para fixo. No novo sistema, quer seja no plano básico ou no alternativo - Pasoo, a regra continua a mesma, assim como o valor de ligação LDN, que só será reajustado na data base da sua operadora.

Vou pagar para mudar de plano?

Não poderá haver nenhum tipo de cobrança se você optar por um dos dois planos obrigatórios - Básico ou Alternativo - Pasoo.

Haverá variação das tarifas conforme o horário?

O valor do minuto é sempre o mesmo independente do horário. Nos dias úteis (de segunda a sexta-feira), entre meia-noite e 6 horas da manhã, será cobrada uma tarifa fixa, independente da duração da ligação. O mesmo ocorre no período que vai das 14h do sábado até às 6h da manhã de segunda-feira. Esta tarifa fixa é um múltiplo do valor do minuto. No plano básico, ela equivale a dois minutos e no plano alternativo-Pasoo, a quatro minutos.

Acabará aquela cobrança única diferenciada no final de semana e à noite?

Não. No plano básico, será cobrada tarifa fixa, independente da duração da ligação, no valor de dois minutos. No plano alternativo - Pasoo, equivalente a quatro minutos. Essa cobrança única vale para segunda a sexta-feira, entre meia-noite e 6 horas da manhã, e das 14h do sábado até às 6h da manhã de segunda-feira.

E se não for avisado pela minha operadora de telefonia fixa? O que faço?

Você deverá denunciar o fato para a Anatel (0800 - 332001).

Existe carência para mudar de plano?

Não, a qualquer momento você poderá fazê-lo entre os planos de oferta obrigatória - Básico ou Pasoo.

Posso exigir a conta detalhada antes de me decidir?

Sim, pois se você não optar a conta já será tarifada pelo Plano Básico e terá direito a pedir o detalhamento. Quando receber a primeira conta em minutos poderá avaliar seu consumo e optar pelo plano que melhor se encaixa ao seu perfil - básico ou alternativo - Pasoo. A conta detalhada é um instrumento útil para auxiliá-lo na escolha, futuramente.

Quem deve fazer a opção?

Todos os usuários de telefonia fixa das operadoras Oi (antiga Telemar), Telefônica, Brasil Telecom, CTBC e Sercomtel que ainda pagam suas contas por pulsos e que costumam fazer chamadas com duração acima de três minutos.

Quem não precisa optar?

Os que desejam ficar com o Plano Básico (pois fazem chamadas curtas) e todos os demais consumidores que usam os sistemas de telefonia fixa por cabo (ex: Net Fone), rádio (ex: Livre da Embratel) - ou pela forma de tarifação (planos alternativos de minutos já oferecidos pelas cinco operadoras de telefonia fixa).

Excluídos da conversão

A cobrança de ligações telefônicas locais de pulsos para minutos não atingirá cerca de 2,8 mil municípios. Eles estão localizados em áreas de concessão da Brasil Telecom e da Telemar que, desde de 1º de março, quando as empresas começaram a fazer a conversão, não estão mais cobrando valores que ultrapassam a franquia prevista na assinatura básica. Devido ao pequeno número de terminais, as operadoras entenderam que não havia atratividade econômica ou viabilidade técnica para fazer a mudança. Nesses casos, o consumidor não paga nada além da tarifa básica.

Quem tem plano alternativo em pulsos, tem que optar por um dos planos obrigatórios em minuto - Básico ou Pasoo?

Sim. A partir da implantação do novo método de tarifação todos os planos em pulsos serão cancelados. Haverá migração destes planos. Você terá que fazer a opção entre um dos dois planos obrigatórios - Básico e Pasoo ou aderir a um plano alternativo de minutos da operadora, sem custo adicional pela adesão. Escolha o plano conforme seu perfil de uso básico ou alternativo - Pasoo.

Em São Paulo, por exemplo, todos os clientes que já utilizam planos alternativos tarifados em pulsos - Linha da Economia Família, Plano Internet Ilimitada e a antiga Linha da Economia - serão migrados de uma vez, entre 2 e 29 de maio, em todo o Estado.

O que muda para quem já tem planos alternativos em minutos das empresas o que muda?

Não haverá alteração para os planos alternativos já disponibilizados pelas operadoras, e tarifados em minutos. Nesses planos as companhias de telefone podem determinar a estrutura adotando regras mais flexíveis. Há casos em que a taxa de assinatura não é cobrada ou se incorpora no pacote, e são oferecidos mais ou menos minutos, com preços diferenciados dos minutos, conforme o plano contratado. Se o consumidor já for assinante de um plano alternativo por minuto, e não fizer outra opção, permanecerá no plano em que está.

O que fazer nessa mudança?

Aguarde a comunicação da operadora, avalie, e entre em contato se optar pelo Plano Alternativo de Serviço de Oferta Obrigatória - Pasoo.

Qual o prazo para optar?

A partir da comunicação da operadora, a qualquer tempo. Quem não optar por nenhum dos dois planos receberá a conta automaticamente pelo plano básico. Mas se daqui a um mês, dois, ou um ano você decidir trocar, será possível, sem custo.

O que devo observar para escolher meu plano?

Veja o caminho das pedras aconselhado pela PROTESTE.

Posso optar por continuar na tarifação por pulso?

Não, o sistema de cobrança por pulso irá acabar.

Como ficam as chamadas a cobrar?

Da mesma forma como hoje, quem paga é quem recebe. A diferença é que elas passam a ser tarifadas também em minutos conforme a escolha do sistema de tarifação.

Como ficam as ligações originadas de telefones públicos (orelhões)?

Não haverá alterações, pois já são cobradas por unidade de tempo e não por pulso.

Será mantido o pagamento da assinatura? De quantos minutos será?

Sim, a assinatura ou franquia será mantida com o mesmo valor até a data anual de reajuste da sua operadora. No plano básico, a assinatura dará direito a 200 minutos. No plano alternativo, a 400.

Haverá assinatura menor que 200 minutos?

Não.

Veja o caminho das pedras aconselhado pela PROTESTE.


Imprimir Enviar a um amigo