Notícia

Operadoras virtuais podem baratear celular

12 janeiro 2011

12 janeiro 2011

Bancos e varejistas agora têm permissão para vender linhas, aumentando concorrência do setor.

O aumento da concorrência no setor de celulares é a principal consequência da atuação das operadoras virtuais. Conhecidas também como MVNO (correspondente em inglês a Mobile Virtual Network Operator), elas são empresas que se tornam operadoras de telefone. Sua regulamentação foi divulgada no fim de 2010 pela Anatel.

A diferença para as operadoras tradicionais é que as virtuais não têm uma estrutura física de comunicações. No lugar disso, elas utilizam a rede de operadoras “reais”, comprando no atacado minutos, SMS, dados, etc. As MVNO pagam um preço com desconto em relação ao preço médio do varejo ou tem participação na receita.

Com isso bancos e varejistas poderão se transformar em verdadeiros operadores de telefonia celular, oferecendo os mesmos serviços. Em tese, por conta da concorrência, são esperados preços mais baixos por eles.

Cada companhia, no entanto, só poderá utilizar a estrutura de uma única provedora, com a possibilidade de, caso se sinta insatisfeita com os serviços desta, transferir toda a sua base de clientes para outra, sem que os usuários se sintam prejudicados.

A expectativa do mercado é de que as primeiras operadoras virtuais comecem a operar no início de 2011.


Imprimir Enviar a um amigo