Notícia

Aditivos presentes em 9 de 10 maioneses são prejudiciais à saúde

27 outubro 2015

27 outubro 2015

Em análise com as principais maioneses presentes no mercado, identificamos que apenas uma das marcas não possui ingredientes danosos. Participe da campanha “Sua saúde em risco” e ajude a proibir o uso desses componentes.


A PROTESTE fez análise da rotulagem das dez principais maioneses a venda no mercado nacional e identificou que nove delas apresentam aditivos potencialmente prejudiciais à saúde. Entre os ingredientes está o aditivo Butil Hidroxianisol (BHA), usado como antioxidante que ainda tem sua segurança discutida. 


Entre eles, está o aditivo Butil Hidroxitolueno (BHT), outro aditivo que também é usado para prevenir a decomposição de óleo e gordura. Apenas a Heinz, não apresenta esses ingredientes potencialmente danosos à saúde.


Componentes causam diversos danos a saúde 


Esses componentes podem aumentar o teor de lipídeos e de colesterol no sangue. Também atrapalham a absorção de nutrientes como as vitaminas A e D. O BHT pode desencadear reações alérgicas, como urticária e, por vezes, dermatite eczematosa e hiperatividade. 


Participe da campanha “Sua saúde em risco” criada pela PROTESTE, e ajude a somar forças para a proibir e melhorar o controle do uso de aditivos potencialmente perigosos à saúde. 


ASSINAR PETIÇÃO 


Compartilhe também com seus amigos para que possamos somar forças e melhorar a qualidade dos produtos que consumimos. O manifesto online será encaminhado à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) 


A maionese Hellmann's nas versões tradicional e a extra cremosa Nova York Gourmet; Liza; Arisco; Salada; Hemmer e Saúde, na versão tradicional, têm os dois aditivos (BHA e BHT). A Qualitá e a Superbom Vegetale apresentam só o BHT.


Legislação brasileira deveria ser mais forte 


Em análise anterior onde comparamos a rotulagem de 12 alimentos industrializados comuns em cinco países (Bélgica, Brasil, Espanha, Itália e Portugal) já havíamos constatado que a formulação em nosso país traz mais danos à saúde por conter mais gorduras, açúcar e aditivos desnecessários e de segurança questionável. 


No mundo, apenas dez multinacionais controlam a produção e o comércio de alimentos. Talvez por isso, com base nas legislações locais e nos hábitos de consumo dos habitantes, esses fabricantes ajustam suas receitas em cada país. "No Brasil falta uma legislação forte, capaz de proibir o uso de aditivos, bem como o excesso de sal, açúcar e gordura na produção de alimentos", destaca Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da PROTESTE.


Marca  Tipo  Aditivo 
 Superbom  Vegetale  BHT
 Hellmann's  Extra Cremosa - Nova York Gourmet  BHA e BHT
 Hellmann's  Tradicional  BHA e BHT
 Heinz  Tradicional  Não contém BHA e BHT
 Liza  Tradicional  BHA e BHT
 Arisco  Tradicional  BHA e BHT
 Salada  Tradicional  BHA e BHT
 Qualitá  Tradicional  BHT
 Hemmer  Tradicional  BHA e BHT
 Saúde  Tradicional  BHA e BHT



Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE!


Imprimir Enviar a um amigo