Notícia

Sopas instantâneas: consuma com muita moderação

27 abril 2015

27 abril 2015

As sopas instantâneas são práticas para o dia a dia. Entretanto, constatamos que são pratos pouco nutritivos e, na maioria das vezes, ricos em sódio e aditivos químicos. Descubra quais foram a melhor do teste e a escolha certa, após nossa avaliação.

Sopas instantâneas

De preparo fácil, as sopas instantâneas são um aliado prático na correria do cotidiano e se tornam mais tentadoras nesta época do ano, quando as temperaturas começam a baixar. E, como vimos ao analisar seis marcas conhecidas, têm a vantagem adicional, para quem está preocupado com a balança, de conter poucas calorias, entre 20 e 70.

Entretanto, também há muitos “poréns”, que acabam pesando contra esse produto. Esse mesmo valor energético baixo, por exemplo, faz com que elas sejam opções apenas para lanches, não podendo substituir refeições principais, pois não fornecem energia suficiente ao organismo – sendo que esse é, teoricamente, seu objetivo.  


Das seis sopas testadas, só uma tem teor de sódio baixo

Outro problema constatado foi o teor de sódio. Com exceção de um produto – Soupi frango com batata, da Korin -, todas apresentam níveis elevados dessa substância, em média, de até um terço dos 2 gramas recomendados por dia pela Organização Mundial da Saúde (OMS). E o excesso de sódio é um fator de risco para o desenvolvimento ou agravamento da hipertensão arterial.

Para que tanto? Produto da Qualimax tem 32 ingredientes

Assusta, ainda, a quantidade de ingredientes listada em muitos rótulos. A sopa de batata com peito de frango da Qualimax, por exemplo, conta com 32 itens, contra os 31 da de frango desfiado com batata e alho poró da Maggi. 

Falhas em nutrição, essas substâncias químicas típicas de alimentos processados são adicionadas principalmente para finalidades como aumentar o tempo de armazenamento ou melhorar o sabor e a aparência.


Glutamato monossódico: aditivo com possível risco à saúde

Entre elas está o glutamato monossódico, que, apesar de ainda faltar embasamento científico, pode ter efeitos nocivos, como dores de cabeça, enjoos e indução ao ganho de peso. Tanto que na Europa há um limite de 10 gramas por quilo de alimento – parâmetro que adotamos para este teste, já que ainda não existe no Brasil. 

Nessa avaliação, a sopa da Korin foi o destaque, por não conter a substância em sua fórmula. Qualitá e Qualimax também tiveram bons resultados, por estarem dentro dos limites usados na Europa. Já as restantes – Maggi, Vono e Missoshiru – ultrapassaram a quantidade máxima e, por isso, saíram-se mal.


Sopas são bem avaliadas quanto aos rótulos e à higiene

Em contrapartida a essas descobertas preocupantes, todas as sopas ao menos se mostraram boas nos quesitos rótulos e higiene. As informações fornecidas são completas e não detectamos vestígios de insetos e pelos de roedores, além de bactérias nocivas, em nenhum produto. Outra boa notícia foi a constatação de que todas as sopas realmente possuem frango em sua composição, cumprindo, assim, o que prometem.

Descubra quais sopas foram escolhidas como a melhor do teste e a escolha certa, após nossa avaliação.



Imprimir Enviar a um amigo