Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Escolha a melhor ração para o seu gato
Existem muitos tipos e marcas no mercado. Mas, afinal, qual delas escolher? Anote nossas dicas para acertar na opção
02 julho 2018 |
selector-racao-para-gato

A cada dia que passa, mais e mais marcas e tipos de ração dividem o espaço nas prateleiras dos supermercados e das pet shops.

Certamente, se você tem um pet, já deve ter se questionado: “Afinal, qual é a melhor ração para o meu bichinho?”.

E já que o próprio animal não pode escolher os seus alimentos – como nós, humanos, fazemos –, cabe a você decidir por eles.  Por isso, resolvemos te ajudar.

Testamos 15 rações para gatos, e mostramos a você quais são as melhores para o seu animal

Clique aqui para acessar o comparador e descobrir as que têm o melhor custo-benefício

Em primeiro lugar, entenda que seu animal de estimação precisa de vários tipos de nutrientes para sobreviver: aminoácidos provenientes das proteínas, gorduras, carboidratos, vitaminas, minerais e água.

É por isso que o alimento precisa ser completo (com todos os nutrientes essenciais) e equilibrado (oferecendo a proporção certa).

E as rações focam justamente nisso: oferecer tudo o que os animais de estimação necessitam, numa refeição só. Dessa forma, o animal não sofre de deficiências nutricionais e consegue manter uma boa saúde.

Ração úmida ou seca?

O mercado oferece também rações secas e úmidas (enlatadas ou em sachês). Em termos de nutrição e digestibilidade, há pouca diferença entre elas.

racao-gato-news

Você poderá fazer sua escolha de acordo com seu estilo de vida e orçamento. Além disso, as rações se diferenciam de acordo com a matéria-prima utilizada.

Elas, então, são classificadas em básicas, padrão (também chamadas de standard), premium e superpremium. A diferença entre esses tipos não está nos rótulos, mas sim na qualidade e na fonte de ingredientes.

Se o seu orçamento permitir, opte pelas premium e superpremium. No entanto, saiba que, em nossos testes com rações para cães e gatos, encontramos produtos com preços em conta, que atendem muito bem às necessidades do animal.

Após a compra, observe o pet

Depois de escolher um tipo e uma marca de ração, fique atento às reações de seu cachorro ou gato.

Procure observar as fezes e a pelagem, e se o bichinho permanece ativo e comendo bem.

Saiba que, quando o alimento tem baixa qualidade, a primeira coisa que muda é o pelo, que fica seco e quebradiço.

Atenção com o armazenamento

Depois que tiver comprado a ração, também é importante saber como armazená-la em casa. A própria embalagem é o melhor local para isso.

Mas, uma vez aberta, não deve haver a entrada de ar e de luz, porque isso vai causar uma foto-oxidação, o que pode levar à perda dos nutrientes da ração.

Então, ao abrir a embalagem, a cada vez que encher a tigela de comida do animal, trate de fechar bem o pacote (algumas já vêm até com um fecho hermético para isso, tipo zip lock).

Outra opção é colocar toda a ração em um pote plástico tampado e guardar no armário. Assim, evita a entrada de ar e de luz, conservando melhor o produto.

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE! Se você é associado e precisa de ajuda, ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor pelo 0800 282 2204 (de telefone fixo) ou (21) 3906-3900 (de celular).

Leia também

água de coco
alimentos-funcionais
cerveja-teste
feijao-causa-gases

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.