Notícia

Dicas para evitar o desperdício de água e economizar

22 março 2017
Economia água

22 março 2017

Confira algumas ações bem simples que podem reduzir o volume que você consome e o valor da conta mensal. Seu bolso e a natureza agradecem.

Confira algumas ações práticas para economizar água:

  • No banho, molhe o corpo, feche a torneira, ensaboe-se, coloque xampu e enxague o corpo rapidamente.
  • Desligue a água enquanto escovar os dentes e fizer a barba.
  • Conserve a descarga regulada e conserte vazamentos.
  • Não jogue lixo nem papel higiênico no sanitário para não entupir os encanamentos,nem ter de usar mais água na descarga.
  • Antes de abrir a torneira da pia da cozinha, passe a esponja na louça, talheres e panelas.
  • Use somente um copo para beber água.
  • Só ligue a máquina de lavar roupa ou use o tanque com a capacidade total. Espere juntar roupa suficiente para isto.
  • Molhe as plantas com regador.
  • Varra a calçada. Se houver sujeiras localizadas, use balde e pano.

Veja quanto pode poupar com economizadores de água (dispositivos que podem ser instalados nas torneiras, nos chuveiros e nos vasos sanitários, por exemplo):


Fornecimento de água é considerado bem essencial pelo CDC  

Mas e se você tiver problemas com o abastecimento? Saiba que as falhas no fornecimento de água e energia são compensadas com descontos na conta e cabe ao prestador do serviço informar aos usuários, com antecedência, a interrupção. 

O Código de Defesa do Consumidor define os serviços de saneamento básico e energia como bens essenciais à vida humana, que devem ter fornecimento adequado e contínuo. A lei garante a efetiva reparação pelos danos causados. 

Registre primeiro a reclamação na empresa fornecedora. Se a queixa não for solucionada, recorra ao Serviço de Defesa do Consumidor da PROTESTE ou às agências reguladoras estaduais.

Para conferir outras dicas da PROTESTE baixe a Cartilha da Água.

 

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE! Se você é associado e precisa de ajuda, ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor pelo 0800 282 2205 (de telefone fixo) ou (21) 3906-3800 (de celular).


Imprimir Enviar a um amigo