Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Vídeo: PROTESTE Games avalia Enemy Front
Confira nossas primeiras impressões sobre first person shooter em que você é um jornalista encarregado não só de escrever e apurar as notícias durante o conflito mais sangrento da História, mas também pegar em armas e ajudar aos Aliados.
01 agosto 2014 |

O jogo se passa durante a Segunda Guerra Mundial e você é um correspondente norte-americano que está cobrindo o conflito. Você está na Europa durante a guerra e envia e recebe notícias, e dá força e esperança aos soldados. E, num determinado momento, terá que pegar em armas para ajudar a galera.
 
O jogo é bem simples. O sistema é o de checkpoints, ou seja, você deve chegar até o local marcado e o jogo é salvo. Aí, se você morrer – o que é bem difícil  –, você recomeçará daquele ponto. 
 
A jogabilidade é normal para um first person shooter, e sem muitas novidades. Há como matar os inimigos por trás (modo stealth), com tiros e granadas. Também há como lançar fogo em algumas partes do ambiente com coqueteis molotov.
 
Confira o review completo do jogo e a análise completa do especialista em games Cadu Vieira:

Pontos fortes:

  • Temática do jogo (há poucos títulos novos da Segunda Guerra Mundial no mercado atualmente).

Pontos fracos:

  • Gráficos parecem ser velhos;
  • Jogabilidade sem inovação;
  • Muito fácil; 
  • O modo multiplayer é quase nulo.

Resultados:

  • Gráficos: 7
  • Jogabilidade: 8
  • Diversão: 7,5
  • Som: 9,5
  • Média: 8

Enemy Front custa atualmente R$ 159,90 para PlayStation 3 e Xbox 360, e R$ 55 para PC. Na nossa opinião, não vale esse preço. Nossa dica é esperar uma promoção. Há outros jogos de guerra disponíveis, mesmo mais antigos, que ainda superam esse. Mas se a vontade for jogar esse titulo não compre agora, pois promoções virão em breve.

Gráficos dão a impressão de ser um jogo antigo.

Leia também

minimo-cartao
IMG-queijominas
preco-galaxy-s7
abertura

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.