Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

PROTESTE testa o Dragon Ball Z Battle of Z
Confira nossas primeiras impressões sobre a continuação da famosa franquia de desenhos animados, que vem com um elenco de 70 personagens, mas não surpreende quem busca novidades ou diversão ao jogar sozinho - e decepciona pelo seu preço elevado.
21 fevereiro 2014 |

Dragon Ball Z: Battle of Z revela-se uma experiência fraca e que decepciona quem espera novidades.
Com um elenco de 70 personagens, Dragon Ball Z: Battle of Z tinha tudo para ser um dos melhores da franquia, com vários personagens inéditos. Entretanto, a maioria já participou dos  games antigos. Os (poucos) personagens inéditos, como Bills ou Whis, fazem parte do filme recente, Dragon Ball Z: A Batalha dos Deuses
 
É possível realizar batalhas em grupo, com até quatro personagens de cada lado. O jogador pode controlar apenas um, enquanto o restante fica a cargo do computador. Apesar da velocidade das batalhas impressionar e da seleção de golpes ser boa, a inteligência artificial é ruim, principalmente dos aliados. 
 
O jogo, que fecha a saga de desenhos japoneses na última geração de consoles para Xbox 360 e PS3, só é bom para quem joga no modo multiplayer. E também para quem pode desembolsar R$ 199 por um game que lembra – e muito – as versões anteriores. Veja o review completo realizado pelo especialista em games Daniel "Dab" Barros:

Leia também

Zoom de cartão de crédito
onix
festa junina
conta

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.