Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Pulseira Inteligente: vale a pena comprar
Avaliamos pulseiras inteligentes que calculam distância, calorias gastas e até medem o sono. Confira os resultados e economize R$ 500.
26 março 2015 |

Com funções como o registro de dados de atividades físicas e o monitoramento do sono, as pulseiras inteligentes estão ganhando popularidade entre praticantes de exercícios e amantes da tecnologia, como os adeptos dos smartwatches.

Para ver se cumprem o que prometem, além, é claro, da precisão de sua medição, nós testamos oito dos principais modelos, também conhecidos como pulseiras de fitness, disponíveis no país. E, de uma forma geral, elas atendem, sim, às expectativas, pois são confortáveis, fáceis de usar, monitoram o sono (exceto o modelo Polar Loop) e são compatíveis com smartphones e o sistema Android.

Falta de funções smart e telas monocromáticas decepcionam

Por outro lado, fãs de tecnologia podem ficar frustrados com a simplicidade das telas – apenas a pulseira da Samsung possui tela colorida – e com os poucos recursos de funções inteligentes, como recebimento de mensagens SMS ou notificações de redes sociais. Dos modelos avaliados, somente Garmin Vivosmart, Samsung, Son e Soleus são smart, embora as primeiras duas tenham sido as únicas bem avaliadas, principalmente a Samsung.

Das oito pulseiras inteligentes avaliadas, apenas a Samsung Gear Fit possui tela colorida

 
Além das funções smart ainda limitadas, outro atributo que precisa melhorar é a possibilidade de inserir manualmente informações sobre o consumo de comidas e bebidas, algo que apenas os modelos da Fitbit e Jawbone permitem fazer.
 
Medição boa em corrida e tarefas de rotina, mas ruim em caminhada

Em relação à sua principal função – a medição de distâncias, passos e calorias consumidas – os resultados foram bons nos quesitos de consumo de calorias em corridas e em atividades de rotina, como varrer ou folhear uma revista.

Entretanto, constatamos leituras falhas e inexatas nos testes de caminhada, principalmente pelas pulseiras Fitbit, Jawbone, Polar, Soleus e Sony. A avaliação foi ruim também na contagem de calorias queimadas ao pedalar e no número de passos dados em atividades de rotina.  

 


Mais preciso que pulseira, relógio de corrida pode ser boa opção

Assim, enquanto as pulseiras inteligentes não chegam mais precisas, com telas coloridas e de melhor resolução e funções inteligentes mais caprichadas – algo que tende a acontecer cada vez mais nesse mercado em expansão – indicamos um bom, e mais preciso, relógio de corrida ou de ciclismo.

Clique aqui e descubra como economizar R$ 500 com a nossa escolha certa para pulseira inteligente fitness.

Leia também

distrato
economizar
festa junina

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.