Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Vídeo: PROTESTE Games avalia novo Call of Duty
Confira as nossas impressões sobre o Call of Duty Advance Warfare, que chegou às lojas este mês, e que renova a franquia do mais famoso jogo de FPS da atualidade.
14 novembro 2014 |

O novo jogo da franquia Call of Duty agora leva o gamer para guerras no futuro, desde a década de 50 até os anos 2000 – até então um território não explorado pela Actvision.
Essa mudança trouxe uma nova mecânica ao jogo – e isso é muito bom, já que os últimos lançamentos se repetiam na jogabilidade do multiplayer, o grande atrativo deste jogo.
 
Nessa versão, os soldados são equipados com exos (acessórios acoplados ao corpo que os fazem ter mais força e substituir membros decepados). Esse “poder” fazem com que seja possível dar grandes saltos e, também, correr mais rápido. Há opções para personalizar o exo para se adaptar melhor ao gameplay. O modo singleplayer também apresenta algumas inovações, que vale a pena conferir – uma delas é o personagem “interpretado” pelo ator Kevin Spacey.
 
O jogo é totalmente em português, desde os menus, até as falas e textos. O que não está em português são os textos dentro do jogo, como as placas e os sinais. Algumas vezes é possível perceber que o som não esta completamente sincronizado com o movimento de boca dos personagens – mas isso só acontece bem no começo do jogo. O ator que dubla Kevin Spacey no jogo é o mesmo que faz as vozes nos filmes em potuguês.
 
Confira o review completo do jogo e a análise do especialista em games Cadu Vieira:
 
 

Pontos fortes:

  • Bons gráficos;
  • Divertido;
  • Novas mecânicas renovaram a série;
  • Modo multiplayer com latência baixa.
Pontos fracos:
  • Ainda há poucos mapas multiplayer;
  • Cenários não se modificam.
Resultados:
  • Jogabilidade: 9,5
  • Gráficos: 9
  • Som: 9
  • Diversão: 10
(Média: 9,38)
 
Por conta das mudanças realizadas pela Sledgehammer Games, Call of Duty Advanced Warfare revitalizou a franquia, saiu da mesmice dos últimos dois lançamentos e se mostra uma compra certa não só para os fãs da série, mas também para quem curte jogos de tiro em geral. Preço médio: R$ 180.

No modo Singleplayer, o jogador tem a sensação de ser um "exército de um homem só".

Leia também

Zoom de cartão de crédito
Bandeja de carne
onix
conta

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.