Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

iPad Pro: versão mais simples chega ao Brasil por mais de R$ 7 mil
Confira a avaliação dos especialistas da PROTESTE sobre os iPads Pro que chegaram ao Brasil com muitas novidades, porém com preço muito alto.
24 novembro 2015 |
 
nova linha de tablets da Apple, os Ipads Pro, chegaram ao mercado brasileiro inovando com o novo segmento de telas de 12 polegadas. Além dos novos tablets, a marca também lançou uma caneta e um teclado, com o intuito de melhorar a usabilidade do tablet e até mesmo substituir o uso de um laptop. 

Confira a opinião dos especialistas da PROTESTE sobre esta novidade e descubra se vale a pena investir mais de R$ 7 mil para ter um tablet top de linha.

qualidade da tela é realmente excelente, a leitura não cansa a vista e os reflexos são ruins somente com luz direta na tela. 

Os pontos fracos são a câmera com baixa resolução, em relação aos outros tablets, e o peso do aparelho que é maior em relação aos demais por conta das suas dimensões amplas.

A bateria dura em torno de 8 horas para a reprodução de vídeos. O tempo de durabilidade é bom, mas talvez não seja o suficiente para substituir um laptop.

COMPARE TABLETS

 

 Os preços do aparelho variam conforme a versão. Os modelos apenas com Wi-Fi, com 32 GB e 128 GB de armazenamento, sairão por R$ 7.299 e R$ 8.599, respectivamente. E a versão com 32 GB com Wi-Fi e 4G, sairá por R$ 9.699. 

Agora se quiser comprar o teclado Smart Keyboard é preciso investir R$1.299 e para comprar a caneta Apple Pencil mais R$749. 

conjunto completo será vendido por mais de R$11 mil, o que pode custar muito mais caro do que computadores top de linha de outras marcas.

 Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e ganhe acesso ao conteúdo exclusivo que reservamos para você! 

Se você é associado PROTESTE e precisa de ajuda com nosso conteúdo ligue para (21) 3906-3980.

Leia também

IMG-queijominas
dúvidas
minimo-cartao
familia-comemorando

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.