Guia de Compras

Dicas para comprar uma nova TV

18 setembro 2018
PIM_TV_05

18 setembro 2018
Escolher uma televisão não é tarefa tão simples, diante de tantas opções e funções disponíveis. Por isso, preparamos este guia, que vai te ajudar a definir um bom modelo. 

Tamanho - O primeiro passo é escolher o tamanho do aparelho. Muitas vezes, o tamanho que você deseja pode não ser exatamente o que você precisa. Além de gastar mais dinheiro, comprar uma TV maior do que o necessário pode acarretar problemas de instalação e também na apreciação das imagens. Lembre-se: quanto maior a tela, maior deve ser a distância entre a TV e o espectador. Caso contrário, a experiência não será positiva. Para saber qual a distância ideal entre o ponto onde você assistirá TV e a tela, siga a tabela abaixo: 

smart-tv-dimensao-quantas-polegadas

 

Tipos de tela - A próxima etapa é escolher o tipo de tela. O mais comum é o de LED, embora as de Oled (foto abaixo) estejam ganhando espaço no mercado com novos modelos mais sofisticados. A tecnologia Oled consome menos energia, é mais leve e fina e oferece um ângulo de visão bem melhor. 

Os modelos Qled, por exemplo, ainda são muito caros. Contudo, se você tem condições de investir em um desses, vai adquirir um produto fino e com ótimo contraste e brilho. Há também as tecnologias IPS e HDR – este melhora ainda mais a qualidade de imagem e também está presente nos aparelhos mais novos e de valor mais alto.

Outro tipo que virou sensação no mercado é a tela curva, que dá ao usuário mais conforto aos olhos e realismo às cenas, em função das bordas arredondadas. Isso significa que a própria TV equilibra o brilho, a cor e o contorno das imagens. Contudo, produz mais reflexos do que uma tela plana, em função do formato. 

 guia-de-compras-tvs

 

Conexões - Quase todas possuem entradas HDMI, USB para pen drives ou HD externos. Há também a opção de comprar um media center (Apple TV, na foto abaixo, ou Chromecast), que praticamente tornam sua TV uma Smart TV. Outra alternativa para ter uma Smart TV é comprar um Home Theater ou um aparelho Blu-ray, que pode vir com os mesmos aplicativos de uma Smart TV.

pimtv04

 

Configurações - Há também o apelo de configurações preestabelecidas pelos fabricantes como chamariz comercial. O maior exemplo disso é a “função futebol”. Ela é apenas uma equalização de som e ajustes de cores que melhora a sua experiência ao assistir a um jogo de futebol. Esse tipo de ajuste já existe há muitos anos e está disponível em quase todas as TVs. São aquelas funções chamadas “filme”, “voz”, “esporte”, etc.

 

pimtv08

 

Tecnologia Smart TV - As TVs estão cada vez mais próximas de computadores. Uma Smart TV pode acessar a Internet e utilizar muitos aplicativos como YouTube, Skype, Globo Play, Netflix, entre outros. Além do mais, algumas possuem Miracast, que permite transmitir conteúdo do seu celular ou tablet diretamente para a tela. Os modelos com essa tecnologia são mais novos e podem ser mais caros. Os principais lançamentos e TVs com telas maiores de 42 polegadas, dificilmente, não são Smart TVs. Portanto, o interessante é dar uma conferida no sistema operacional delas, que pode ser Tizen, Android TV ou WebOs (dependendo do fabricante). 

pimtv03


Imprimir Enviar a um amigo