Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Boletos adulterados: saiba como identificar

Proteste esclarece dúvidas e dá dicas ao consumidor

24 maio 2022 |

O pagamento de contas é uma tarefa recorrente na vida consumidores brasileiros. É preciso realizar, ao longo dos meses, gastos para a manutenção dos compromissos, das demandas, e também, dos desejos do dia-a-dia. Tudo isso gera faturas que precisarão ser pagas via boleto.

Em matéria para o Jornal Folha de São Paulo e para o Valor Investe, Mariana Rinaldi, Especialista em Relações Institucionais da PROTESTE esclarece dúvidas sobre o pagamento de contas que geram desconfianças no consumidor no momento do pagamento.

Segundo ela: "O primeiro ponto a ser observado é a leitura da linha do código de barras, com a devida verificação se os últimos dígitos do código correspondem ao valor a ser pago e se os primeiros dígitos são iguais ao código do banco emissor."
 
Dados da FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos) evidenciam que durante o período de pandemia, golpes relacionados a essa via de pagamento cresceram 45% no país. Dessa forma, é necessário redobrar os cuidados e a atenção no momento de recebimento e realização de pagamento desses documentos.

O consumidor deve estar atento às informações descritas em códigos de barra e ter certeza de que os dados existentes se relacionem aos do órgão e/ou instituição a ser beneficiado. Aqui, vale levar para a prática a averiguação a máxima: os golpes estão cada vez mais sofisticados.    

Mas, se ainda assim, você realizar o pagamento de um boleto falsificado, é preciso agir rapidamente: "Ele deve informar o banco onde fez o pagamento sobre a fraude. Considerando que a compensação de boletos leva mais tempo, é possível que o gerente da instituição financeira cancele a transferência caso ela ainda esteja pendente", explica Mariana.

É sempre importante que o consumidor esteja consciente de seus direitos. O conhecimento faz toda a diferença na hora da tomada de decisão de compra ou mesmo no momento de solicitação de um reajuste de valor. Para isso, mantenha-se sempre informado através de nossos conteúdos disponíveis no blog Seu Direito

A PROTESTE oferece o canal Reclame, que está disponível para você encaminhar sua reclamação contra um fornecedor de produto ou serviço. A mensagem é enviada para a empresa e a resposta chega na própria plataforma, em busca de uma solução para seu problema. Os associados possuem o auxílio de nossos especialistas em defesa do consumidor. Acesse o site ou ligue para 4020-7753.

 

.

Leia também

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.